Após dúvida em gol, Bruno Fernandes revela: 'Não me importo se não for meu. Todos devem ser líderes'

LANCE!
·1 minuto de leitura


Após a vitória sobre o Everton por 3 a 1, Bruno Fernandes foi questionado sobre seu segundo gol na partida. No lance, o português tentou cruzar, mas Rashford acabou não conseguindo desviar e enganou Pickford. Para o camisa 18 do Manchester United, não importa quem balançou as redes.

- Não importa se o Marcus tocou, o gol pode ser dele, não há nenhum problema. O mais importante é que eu devo servir os meus companheiros. Sabemos no vestiário o que temos que fazer. Todos devem ser líderes - disse.

Questionado sobre a boa atuação dos Red Devils e a dificuldade em reproduzi-la contra o Istanbul, o português foi claro.

- Foi um grande final de jogo. Sabíamos o que tínhamos de fazer hoje. Houve alguns erros na segunda parte, ficamos muito confiantes e acabamos não segurando muito a bola, mas depois que sofremos o primeiro gol soubemos reagir. Sabemos da nossa qualidade. Foi difícil nos recuperarmos depois da derrota para o Istanbul.