Após críticas de 'chefão' dos EUA, Kobe Bryant defende astros da NBA

Ex-astro da NBA demonstrou compreensão com os atletas que disputaram o Mundial de Baquete pelos EUA (FIBA)
Ex-astro da NBA demonstrou compreensão com os atletas que disputaram o Mundial de Baquete pelos EUA (FIBA)


Sem as principais estrelas da NBA, os Estados Unidos decepcionaram na Copa do Mundo FIBA 2019 e caíram nas quartas de final para a França. Pela primeira vez desde 2002, os americanos voltaram para casa sem medalha e amargaram a pior campanha na história dos Mundiais, tendo que disputar o sétimo lugar com a Polônia, neste sábado.

Após as derrotas para França e Sérvia, o diretor-geral da USA Basketball, Jerry Colangelo criticou os astros da NBA que desistiram de jogar o torneio. O 'chefão' garantiu ainda que não irá se esquecer daqueles que recusaram o convite na hora de montar a lista para Tóquio 2020. O ídolo dos Lakers e ex-jogador Kobe Bryant saiu em defesa dos atletas.

- Muitos estão se recuperando de lesões graves para voltar saudável. Outros estão de mudança para cidades diferentes e fazendo com que suas famílias se estabeleçam. É um grande ajuste. Então, eu certamente entendo - disse Kobe, que foi embaixador do Mundial da China.

A lista dos 35 atletas pré-selecionados para o Mundial da China tinha nomes como LeBron James, Kevin Durant, Stephen Curry, Anthony Davis, Kawhi Leonard, James Harden, Kyrie Irving, Klay Thompson, Russell Westbrook, Paul George, Chris Paul e Jimmy Butler. Alguns desistiram para cuidar de lesões, enquanto outros preferiram curtir as férias.




Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também