Após Covid, Renan acompanha seleção de vôlei com a 'cabeça em Tóquio'

·2 minuto de leitura
*ARQUIVO* RIO DE JANEIRO, RJ, BRASIL, 11.01.2017 - Renan Dal Zotto. (Foto: Ricardo Borges/Folhapress)
*ARQUIVO* RIO DE JANEIRO, RJ, BRASIL, 11.01.2017 - Renan Dal Zotto. (Foto: Ricardo Borges/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O técnico da seleção brasileira masculina de vôlei, Renan Dal Zotto, 60, gravou um vídeo uniformizado em que comenta brevemente seu processo de recuperação da Covid-19.

Ele recebeu alta hospitalar no último dia 21, após ficar 36 dias internado no Hospital Samaritano Botafogo devido à doença e suas complicações.

No vídeo, ele agradece às mensagens de apoio recebidas nesse período e afirma que está em permanente contato com a seleção brasileira, atualmente na disputa da Liga Das Nações (VNL) como preparação para os Jogos Olímpicos de Tóquio.

"Eu hoje continuo acompanhando os trabalhos diários da nossa seleção brasileira lá na VNL, participando das preleções, falando constantemente com a comissão técnica e continuo fazendo a minha recuperação fisioterápica aqui também, cardiorrespiratória. Dizer que em breve, em poucos dias estarei de volta às quadras. E claro, com a cabeça já em Tóquio também."

A equipe está sendo comandada pelo auxiliar Carlos Schwanke na competição, que vai até o fim de junho, e iniciou bem sua participação no último fim de semana, com vitórias sobre Argentina, Estados Unidos e Canadá. Volta às quadras nesta quinta (10), diante da França, às 10h. O SporTV 2 transmite.

Internado em 16 de abril, três dias após ter recebido o diagnóstico de infecção pelo coronavírus, Renan foi intubado por via oral em 19 de abril e extubado no dia 24. Um dia depois, porém, teve piora no quadro e precisou voltar para a ventilação mecânica.

No boletim médico do dia 7 de maio, a CBV informou que ele havia passado por uma traqueostomia e se recuperava bem, sem febre, lúcido e com períodos cada vez maiores fora da ventilação mecânica.

Além da Covid-19, Renan teve pneumonia bacteriana e foi submetido a uma cirurgia vascular por causa de uma trombose.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos