Após bom início de maratona, São Paulo terá mudanças contra o Guarani

·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O São Paulo mal teve tempo de comemorar a vitória sobre o Red Bull Bragantino e, 48 horas depois, já entrará em campo novamente pelo Campeonato Paulista. Nesta quarta (14), a equipe enfrenta o Guarani, às 21h30, no Morumbi, pela adiantada nona rodada do Estadual. A Globo transmite. Será o terceiro de quatro jogos que o time tricolor fará em um período de sete dias. A maratona, que começou na goleada por 5 a 1 diante do São Caetano no último sábado (10), terminará na sexta-feira (16), no clássico contra o Palmeiras. Com a formação titular nos dois triunfos anteriores, o técnico Hernán Crespo dará descanso a uma parte do elenco e deverá escalar uma equipe bastante modificada para o confronto com o Guarani. "É sempre uma situação difícil com esse calendário, mas tenho a pré-disposição por parte dos jogadores, e isso é muito importante. É normal que iremos fazer mudanças para enfrentar o Guarani", disse o argentino após a vitória sobre o Bragantino. O duelo com o time de Campinas poderá marcar a reestreia do zagueiro Miranda, 36, pelo clube. De volta ao São Paulo depois de 11 anos, o experiente defensor ficou à disposição de Crespo nos últimos dois jogos, mas ainda não atuou. Além de Miranda, o atacante Éder e o meia Benítez, reforços para esta temporada, também poderão iniciar a partida no Morumbi. O ítalo-brasileiro anotou o quinto gol da goleada sobre o São Caetano e participou dos dois últimos jogos. Já Benítez estreou contra a equipe do ABC, mas ficou no banco diante do Bragantino. Hernán Crespo tem aproveitado essa sequência de partidas para observar o time de olho na Copa Libertadores. O São Paulo estreia no torneio continental na próxima terça-feira (20), contra o Sporting Cristal, no Peru. "Enfrentamos uma equipe muito bem organizada, difícil. Contra o São Caetano, mostramos grandes coisas ofensivas. Faltava um rival que nos colocasse em dificuldade, e encontramos [no Red Bull Bragantino]. E o time foi perfeito. A equipe do São Paulo foi perfeita", afirmou o treinador depois do triunfo na última segunda. SÃO PAULO Tiago Volpi; Diego Costa, Miranda, Rodrigo; Galeano, Luan, Igor Gomes, Benítez, Welington; Bruno Rodrigues, Eder. T.: Hernán Crespo GUARANI Gabriel Mesquita; Éder Sciola, Romércio, Aírton, Bidu; Índio, Rodrigo Andrade, Régis; Andrigo, Matheus Davó, Bruno Sávio. T.: Allan Aal. Estádio: Morumbi, em São Paulo Horário: 21h30 desta quarta-feira Juiz: Salim Fende Chavez