Após ‘bater na trave’, Poirier planeja retorno em busca de cinturão linear do UFC

AgFight

Dustin Poirier é definitivamente um dos melhores pesos-leves (70 kg) da atualidade. Ex-campeão interino do Ultimate, o americano é um dos atletas mais temidos da categoria. Mas isso parece não ser o suficiente para ‘The Diamond’. Após ‘bater na trave’ em uma disputa pela unificação dos títulos contra Khabib Nurmagomedov, em setembro passado, o americano planeja um retorno em 2020 focado apenas em um objetivo: conquistar o cinturão linear do UFC.

Aos 31 anos, Poirier ressaltou a importância de retomar às atividades o quanto antes, já que, segundo o próprio, o auge de sua carreira se concretizará nas próximas temporadas. Com a idade a seu favor, o americano pretende limpar o estigma de “apenas” campeão interino do UFC ao conquistar o título linear dos pesos-leves no futuro.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

“Meu principal objetivo é me tornar campeão mundial linear. Não posso dar prosseguimento na minha carreira buscando apenas grandes lutas, ou lutas emocionantes. Claro que quero fazer parte disso, entreter os fãs e dar ótimas lutas. Mas ao mesmo tempo quero me tornar campeão mundial. Não quero ter um asterisco junto às minhas conquistas para o resto da vida. Não quero que as pessoas digam: ‘campeão interino’ toda vez que alguém mencionar que Dustin foi o campeão”, revelou Dustin, antes de falar sobre sua longevidade no esporte.

“Sendo sincero comigo mesmo, sei muito bem em que pé estou na minha carreira. Sinto que os melhores anos serão os próximos dois ou três. Acho que será meu auge, nos próximos dois ou três anos. Quando era mais próximo de Robbei Lawler, ele me disse que se sentiu no auge por volta dos 32 anos, Mike Brown disse o mesmo. Quero trabalhar meu caminho de volta ao topo para me tornar campeão linear, ou senão minha carreira e legado terão um asterisco porque fui apenas interino. Não quero isso. Quero minha mão erguida novamente conquistando o ouro”, completou ‘The Diamond’, em entrevista ao site ‘MMA Junkie’.

Em busca de grandes desafios em seu retorno ao UFC, Poirier ventilou nomes como Conor McGregor, Nate Diaz e Justin Gaethje. Liberado pelos médicos após passar por um procedimento cirúrgico no quadril, o peso-leve americano projeta um retorno aos octógonos em abril deste ano.

Leia também