Após bater Belfort, Gastelum quer luta contra Anderson Silva no Rio

Luis Fernando Coutinho

Kelvin Gastelum não quer cortar sua relação com o Brasil tão cedo. Depois de conquistar o público brasileiro com seu carisma e nocautear o ídolo nacional Vitor Belfort com sua técnica, o americano agora mira sua pontaria para outro astro do país: Anderson Silva. Após o UFC Fortaleza, ele afirmou que gostaria de encarar Spider no UFC 212, dia 3 de junho, no Rio de Janeiro.

Em coletiva de imprensa após o evento, Gastelum explicou o desejo de encarar Anderson em sua próxima luta e disse querer repetir a relação que teve com os fãs em sua passagem por Fortaleza. Além disso, ele disse que um duelo com o ex-campeão o manteria na categoria dos médios e evitaria seu retorno aos meio-médios.

- Eu tinha dito que queria fazer uma luta interessante. Se isso acontecesse, eu ficaria na categoria dos médios. Anderson é uma das lutas que defintivamente me interessa. Quero lutar de novo no Brasil, gostei da experiência aqui. Quero lutar possivelmente no Rio, em junho. Quero lutar contra os melhores, Anderson é uma luta que me interessa. Se eu conseguir essa luta, vou continuar nos médios. Senão, vou descer - declarou.

Após a vitória contra Vitor, Gastelum prega respeito ao ex-campeão do UFC e rasga elogios ao treinador Rafael Cordeiro.

- Estava bem preparado para quaquer coisa que ele trouxesse. O mestre (Rafael Cordeiro) conhece o jogo do Vitor há 20 anos, trabalhei muito nos últimos dois meses. Esperava que Vitor chegasse forte, rápido, poderoso, e estava preparado para tudo. Vocês viram o resultado - declarou.

Kelvin Gastelum nocauteou Vitor Belfort no primeiro round da luta principal do UFC Fight Night Fortaleza.










E MAIS: