Após ampliar jejum como visitante, Corinthians busca 8ª vitória seguida em casa para se consolidar no G4

·5 min de leitura


Após ser derrotado por 2 a 1 pelo Ceará, na última quinta-feira, no Castelão, e amargar sua oitava partida seguida sem vencer como visitante no Campeonato Brasileiro, o Corinthians enfrenta Athletico-PR neste domingo, às 16h, na Neo Química Arena, em busca de seu oitavo triunfo consecutivo como mandante e consequentemente dar um novo passo para poder terminar a sua campanha no G4, a zona de classificação direta à fase de grupos da Copa Libertadores.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Veja até quando vai o contrato de cada jogador do Corinthians

Com 53 pontos ganhos no Brasileirão, o Alvinegro ocupa a quarta posição da competição e correu o risco de deixar o G4 na última quinta-feira, mas permaneceu no mesmo posto da tabela ao ser beneficiado pela vitória do Santos sobre o Fortaleza, que caiu por 2 a 0 na Vila Belmiro e não soube aproveitar o tropeço corintiano diante do Ceará na 35ª rodada.

Com sete vitórias nos últimos sete jogos disputados como mandante, o Timão tem a chance de emplacar nove triunfos seguidos ao total em sua casa no segundo turno do torneio. Após o duelo com o Athletico-PR, a equipe dirigida pelo técnico Sylvinho terá pela frente o Grêmio na Arena no dia 5 de dezembro e fechará campanha torneio contra o Juventude no dia 9, em Caxias do Sul.

O Corinthians não é derrotado na Neo Química Arena desde o dia 1º de agosto, quando foi batido por 3 a 1 pelo Flamengo na 14ª rodada do Brasileirão. De lá para cá, o time acumula uma série invicta como mandante de dez jogos. Neste período, a equipe começou a sua série de sete vitórias seguidas em casa que foi iniciada com um triunfo por 2 a 1 sobre o Palmeiras e completada com a vitória por 2 a 0 sobre o Santos em outro clássico, realizado no último domingo.

Nesta sequência atual de triunfos na Arena, o Alvinegro também bateu Bahia, Fluminense, Chapecoense, Fortaleza e Cuiabá, sendo que a partir do duelo diante da equipe baiana, no dia 5 de outubro, passou a contar com o apoio de sua torcida, que voltou ao estádio após quase 20 meses com o time jogando com portões fechados em seus domínios por causa da pandemia da Covid-19.

DESGASTE É OBSTÁCULO A SUPERAR EM RETA FINAL

O Corinthians recebe o Athletico-PR com um "adversário" extra a superar neste domingo: o grande desgaste acumulado pelos seus jogadores. Na última quinta-feira, Sylvinho não escalou o lateral-esquerdo Fábio Santos e o meia Renato Augusto contra o Ceará por questões físicas, sendo que o primeiro deles ficou apenas no banco e o segundo entrou no decorrer da etapa final.

No segundo tempo desta derrota por 2 a 1 para o Ceará, por sua vez, o lateral-direito Fagner pediu para ser substituído após dizer a Sylvinho que estava esgotado fisicamente. E João Pedro, que estreou no Corinthians ao substituir o titular, acabou falhando na marcação no lance do segundo gol do time da casa.

Desgastado, Renato Augusto também ficou fora do treino da última sexta-feira, quando realizou apenas um trabalho de controle de carga muscular ao lado de Willian, que foi o outro que entrou na equipe no decorrer da etapa final no confronto em Fortaleza. Na capital cearense, o meia-atacante fez a segunda partida pelo time após desfalcar o Alvinegro em sete confrontos por causa de uma lesão muscular na coxa esquerda, sofrida em jogo contra o Fluminense.

Willian também foi utilizado por Sylvinho apenas em parte do segundo tempo do clássico contra o Santos e neste domingo tem chance de voltar a ser titular. Depois do jogo em Fortaleza, o treinador admitiu essa possibilidade, mas ele avisou que iria avaliar as condições físicas do atleta para saber se o mesmo já reúne as condições ideais de atuar desde o início da partida com o Athletico.

- Com o Willian temos conversado de uma forma constante. Vamos analisar os próximos dias, temos uma viagem longa de volta a São Paulo, para saber as condições que ele se encontra e saber se há ou não condição de iniciar o jogo. Entrar no jogo é uma coisa, iniciar é diferente. Vamos analisar com os departamentos do clube e com o atleta - disse o comandante na quinta-feira.

SEM CANTILLO E GIULIANO MAIS UMA VEZ

Para esta antepenúltima rodada do Brasileirão, o treinador mais uma vez não poderá contar com o volante Cantillo e o meia Giuliano, que seguem em recuperação de lesões musculares na coxa direita. O primeiro deles não poderá mais atuar nesta temporada após se machucar em jogo que fez pela Colômbia nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, enquanto o seu companheiro de equipe se lesionou em partida diante do Flamengo, no Maracanã, mas vem tendo uma boa reabilitação e ainda possui esperança de atuar nesta reta final.

Em confronto realizado a noite do último sábado, o Red Bull Bragantino teve a chance de ultrapassar o Corinthians na classificação em outro jogo desta 36ª rodada, mas não conseguiu passar de um empate por 1 a 1 com o América-MG, no estádio Nabi Abi Chedo. em Bragança Paulista, e ficou com os mesmos 53 pontos do Timão. Mas está em quinto lugar, atrás do concorrente por um lugar no G4, porque hoje possui uma vitória a menos do que os corintianos (14 a 13).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos