Após 49 anos, Estados Unidos não conquistam medalha no 1º dia da Olimpíada

·1 minuto de leitura


Os Estados Unidos passaram em branco no primeiro dia dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Pela primeira vez em 49 anos, os norte-americanos ficaram sem conquistar uma medalha no primeiro dia, feito que não acontecia desde a Olimpíada de Munique, na Alemanha, em 1972.

Os norte-americanos tiveram cinco oportunidades de conquistar pelo menos uma medalha. Mary Tucker, favorita na categoria rifle de ar de 10 metros do tiro esportivo, ficou apenas em sexto lugar. A chinesa Yan Qian ficou com o ouro e ainda bateu o recorde da categoria.

+ Veja o quadro de medalhas dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

A halterofilista Jourdan Delacruz também decepcionou e não conseguiu entrar na disputa por medalha. A norte-americana falhou nas suas três tentativas de levantar 108kg e ficou apenas em sétimo lugar na categoria de até 49kg do levantamento de peso.

O ciclista Brandon McNulty teve um bom início na prova de ciclismo de estrada, mas não conseguiu manter o ritmo até o fim e terminou em sexto lugar. Na esgrima, os norte-americanos não conseguiram avançar na categoria de sabre individual. Já no tiro com arco, Mackenzie Brown e o número 1 do mundo Brady Ellison foram eliminados no primeiro duelo de equipes mistas.

A seca, no entanto, deve chegar ao fim no segundo dia de competições. Os norte-americanos estão nas finais das provas de 400m medley masculino, 400m livre masculino, 400m medley feminino, 4x100m livre feminino da natação.

+ Zanetti na final, Arthur Nory e Felipe Wu decepcionam… Veja o resumo do dia dos Jogos Olímpicos

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos