Após 20 anos, Ambev deixa de patrocinar futebol da Globo

LANCE!
·1 minuto de leitura


A gigante Ambev, maior empresa de bebidas do Brasil e uma das maiores do mundo, rescindiu seu contrato de patrocínio ao futebol da Globo depois de 20 anos. A informação foi publicada pelo "UOL".

De acordo com o site, a crise econômica causada pela pandemia do Covid-19 encurtou os recursos publicitários da empresa alimentícia. A crise, logo, forçou uma nova estratégia de comunicação internamente e os custos do patrocínio ao futebol da Globo foram considerados demasiados altos para o momento.

Outro patrocinador que também considera deixar o futebol da Rede Globo é a Hypera Pharma, dona dos naming rights da Arena Corinthians. Curioso é que a marca farmacêutica forçou a Globo a mudar sua política interna de nomeação de marcas externas, passando a citar patrocinadores de naming rights de estádios no Brasil.

Mesmo com as duas incertezas, a Globo renovou com quatro patrocinadoras em outubro: Casas Bahia, Itaú, Vivo e General Motors. Cada cota de patrocínio custa R$ 311,7 milhões, deixando uma previsão de faturamento pela emissora por R$ 1,8 bilhão.