Aos 51, Milan empata derby com gol chorado e anima novos investidores

Equipe rossonera sai do 'clássico chinês' com saber de vitória, já que esteve perdendo para a Inter por quase 90 minutos. Do lado nerazzurri, Miranda teve grande atuação

Uma linda festa nas arquibancadas deixou o Giuseppe Meazza (San Siro) ainda mais quente neste sábado. Dentro de campo, em horário para "chinês ver", o aguerrido Milan empatou em 2 a 2 com a Inter de Milão com um heroico gol aos 52 minutos da segunda etapa, marcado por Zapata, que ainda viu seu companheiro de zaga, Romagnoli, anotar minutos antes. Candreva e Icardi foram os autores pelo lado nerazzurri.

Com o empate no Derby della Madonnina, o Milan pula provisoriamente para a quarta posição, agora com 58 pontos. A Inter, por sua vez, vê o resultado como sabor de derrota, já que, com 57 pontos, permanece na sétima posição.
Em tempo: Atalanta (57) e Lazio (58) ainda jogam na rodada e podem arrancar.

O JOGO


O clássico começou com as equipes se respeitando muito, enquanto os torcedores empurram seus respectivos times de forma admirável. Sob os olhares dos novos investidores chineses, o Milan foi quem criou mais oportunidades ao longo da primeira etapa. Desperdiçou todas elas.





E a equipe de Vincenzo Montella sofreu um forte impacto aos 35 da etapa inicial. Gagliardini achou um bom lançamento para Candreva, que inaugurou o placar com categoria. Em especial na defesa, os rubro-negros ficaram desarrumados e viram os rivais cresceram. Antes do intervalo, vantagem ampliada: 2 a 0, desta vez com gol do matador Icardi.

Na segunda etapa, o Milan rodou a bola com paciência, porém faltava qualidade nas finalizações. Ao lado de Suso e Bacca, Deulofeu brigava e mostrava ao seu torcedor que a sua equipe não estava entregue. Na maioria das investidas, Miranda afastava o perigo e, ao lado de Medel, colaborava muito para a boa vantagem dos mandantes.

O zagueiro da Seleção Brasileira, contudo, não conseguiu afastar uma bola alçada aos 38 minutos da etapa complementar, quando Romagnoli se antecipou e descontou. Animado, o Milan seguiu na briga e, aos 52, deixou os chineses da Inter, que já estão há mais tempo como mandatários, frustrados. Zapata, em outra jogada área, escorou o desviou de Locatelli, na segunda trave. Mesmo não balançando a rede, a bola ultrapassou a linha, levando o time rossonero ao delírio.

E MAIS: