Aos 46, Jaqueline Mourão se torna a brasileira com mais participações olímpicas

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
SOCHI, RUSSIA - FEBRUARY 11:  Jaqueline Mourao of Brazil competes in Qualification of the Ladies' Sprint Free during day four of the Sochi 2014 Winter Olympics at Laura Cross-country Ski & Biathlon Center on February 11, 2014 in Sochi, Russia.  (Photo by Richard Heathcote/Getty Images)
Brasileira irá competir em sua oitava edição nos Jogos de Inverno da China na modalidade esqui cross-country. Foto: (Photo by Richard Heathcote/Getty Images)

A mineira Jaqueline Mourão, classificada e convocada para competir no esqui cross-country nos Jogos Olímpicos de Inverno, que serão realizados em Pequim, na China, em fevereiro, quebrará um recorde difícil de ser batido.

Aos 46 anos, a atleta se tornará a brasileira com mais participações em Olimpíadas com oito edições disputadas. Ao iniciar sua prova, Jaqueline deixará para trás os históricos Robert Scheidt, da vela, Formiga, jogadora de futebol, e Rodrigo Pessoa, atleta do hipismo, que contabilizam sete participações em Jogos Olímpicos.

Leia também:

Sobre a quebra de recorde, a mineira demonstrou grande emoção: "Vai ser uma emoção muito grande chegar à minha oitava Olimpíada. Eu gosto de desafios, de representar o meu país. É algo que sou apaixonada e a minha vida sempre foi provar o contrário. Eu nunca fui considerada uma atleta, um talento, então eu tive que provar com muito trabalho que eu merecia o meu lugar ao sol".

Sua primeira edição de Olimpíadas foi no ano de 2004, em Atenas, na Grécia, quando competiu pelo ciclismo mountain bike. Já no ano de 2006, nos Jogos de Inverno de Turim, na Itália, disputou o esqui cross-country. Também em Pequim, mas nos Jogos de Verão de 2008, participou na prova do ciclismo. Até que focou completamente nos esportes de Inverno: em 2010, em Vancouver, no Canadá, em 2014, em Sochi, na Rússia, competiu nas modalidades biatlo e esqui cross-country e em PyeongChang, na Coreia do Sul, no ano de 2018 apenas no esqui cross-country.

Jaqueline Mourão retornou aos esportes de Verão na última edição dos Jogos Olímpicos de Tóquio, quando ficou na 35ª colocação no cross-country.

Afetada pela pandemia de Coronavírus, a preparação da maior atleta olímpica do Brasil teve empecilhos: "A preparação não foi a ideal, tivemos muito contratempos, tivemos que parar de treinar. Todos que estiveram lá representaram o que é o Olimpismo: lutar e representar da melhor maneira possível. Feliz que Tóquio 2020 ocorreu e que todos os atletas puderam realizar seu sonho de estar nos Jogos Olímpicos".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos