Aos 41 anos, Nicholas Santos é tricampeão mundial na natação

·1 min de leitura
Brasileiro conquistou o tricampeonato inédito e sua 11ª medalha em Mundiais. Foto: (Divulgação/FINA)
Brasileiro conquistou o tricampeonato inédito e sua 11ª medalha em Mundiais. Foto: (Divulgação/FINA)

O nadador brasileiro Nicholas Santos, de 41 anos, fez história no Mundial de Natação em Piscina Curta, disputado em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, ao conquistar pela terceira vez a medalha de ouro na prova dos 50 metros borboleta. O primeiro triunfo de Nicholas havia sido no Mundial do ano de 2012 e a segunda medalha de ouro foi garantida em 2018. Desta forma, o brasileiro chegou a sua 11ª medalha nos Mundiais, ficando apenas atrás de César Cielo, que soma 12.

Na prova realizada nesta segunda-feira, Nicholas Santos deixou para trás Dylan Carter, nadador de Trinidad e Tobago e Matteo Rivolta, italiano, que completaram o pódio, além do rival histórico Szebasztian Szabo, da Hungria, que acabou a prova em quarto lugar, ficando fora do trio premiado.

Leia também:

Em entrevista ao SporTV após a realização da prova e da conquista, o nadador brasileiro disse que: "Não é fácil, foi uma prova muito forte. Essa final mostra quem segura a onda e quem não segura. Dei o meu melhor, não consegui bater o recorde mundial. Mas, aos 41 anos, isso mostra que a idade realmente é só um número. Quem se dedica, quem tem foco, consegue chegar lá. Não tem segredo, mas tem de abrir mão de muita coisa".

No ranking de maiores medalhistas em Mundiais de Natação de Piscina Curta, César Cielo domina com 12 conquistas, Nicholas Santos é o segundo com 11 e Gustavo Borges fecha o top 3 com 10 medalhas. O maior medalhista de ouro é Felipe França, com 6 premiações de primeiro lugar.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos