Ao vivo durante jogo na Globo, Casagrande questiona: 'Quem mandou matar Marielle?'

LANCE!
·1 minuto de leitura


Enquanto comentava a vitória do Palmeiras por 2 a 0 contra o Ferroviária neste domingo, Walter Casagrande aproveitou seu espaço para protestar sobre os três anos do assassinato da vereadora Marielle Franco e de seu motorista Anderson Gomes. O ex-atleta enfatizou que não é uma questão nacional mas mundial.

> Confira a classificação atualizada do Paulistão 2021 e simule os resultados

- Hoje é 14 de março, faz três anos que foram executados a Marielle e o Anderson Gomes. Um atentado político contra a Marielle, né. E a pergunta que o mundo todo faz é mesma que eu vou fazer: quem mandou matar Marielle? Quem mandou matar Marielle? O mundo quer saber disso, não é o Brasil, é o mundo - disse Casagrande durante a partida.

Veja o momento abaixo.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Casagrande falou sobre o atentado à vereadora ainda no início da partida, e aproveitou o o minuto de silêncio para as vítimas do Covid-19 para relembrar os três anos do acontecimento. Recentemente, o comentarista se desentendeu com a ex-jogadora de vôlei Ana Paula Henkel, que discorda do ex-atleta em diversos assuntos.