Ao The Players' Tribune, Gilberto Silva se declara ao Galo e explica ação movida contra o clube

Nathalia Almeida
·2 minuto de leitura

No dia 25 de março de 1908, nascia em Belo Horizonte aquele que viria a ser um dos clubes mais tradicionais e importantes do futebol brasileiro: o Clube Atlético Mineiro. Em comemoração ao aniversário do Alvinegro, o The Players' Tribune lançou, nesta quinta (25), uma peça muito especial com Gilberto Silva, histórico volante campeão do mundo pela Seleção Brasileira em 2002. Mas a consagração máxima vestindo a Amarelinha só foi possível porque, muitos anos antes, os jogos do Galo acompanhados através de um pequeno rádio de pilha plantaram um sonho na mente e no coração do mineiro de Vila Luciânia: jogar pelo Atlético como seu ídolo, Cerezo.

Gilberto Silva conquistou a Libertadores pelo Galo | JUAN MABROMATA/Getty Images
Gilberto Silva conquistou a Libertadores pelo Galo | JUAN MABROMATA/Getty Images

O amor de berço pelo Atlético-MG norteia início, meio e fim da jornada de Gilberto Silva dentro das quatro linhas. E esse amor pelo clube também norteia a sua carta ao The Players' Tribune, na qual fez questão de abrir o jogo sobre uma situação complexa e para alguns torcedores, contraditória: a ação judicial movida por ele contra o Galo, que se arrasta há longos anos.

"Quero colocar todas as cartas na mesa nesse momento. Existe um processo na justiça entre mim e o Atlético devido a uma lesão que sofri no joelho contra o Cruzeiro após a final da Libertadores e que antecipou a minha aposentadoria pois não consegui me recuperar até os dias de hoje. Mas nada disso tirou o sentimento que existe de minha parte pelo clube, mesmo depois de tantas críticas desrespeitosas que sofri ao longo desses últimos anos", afirmou.

Independente das desavenças, sou eternamente grato ao Galo pela importância em minha vida e da minha família, e nada apaga o meu amor e gratidão a esse clubeGilberto Silva, ao The Players' Tribune

Gilberto Silva encerrou sua carreira em 2013 | AFP/Getty Images
Gilberto Silva encerrou sua carreira em 2013 | AFP/Getty Images

Para conferir a carta de Gilberto Silva na íntegra, clique aqui.