Ao L!, presidente do Santos confirma que camisa 10 seguirá sendo utilizada: 'Pedido do Rei é uma ordem'


O presidente do Santos, Andres Rueda, confirmou na manhã deste sábado (31) ao LANCE! que a camisa 10 do clube, que ganhou fama mundial com Edson Arantes do Nascimento, o Rei Pelé, não será imortalizada.

- Na verdade, eu sempre relutei colocar isso no Conselho, porque sentia a torcida dividida. Quando a família pediu, aí ok... Mas surgiu o vídeo, vindo do próprio Pelé. Para mim, acabou. Com esse vídeo, não tem o que ser discutido. O pedido do Rei é uma ordem - disse o dirigente ao L!.


+ Irmã de Pelé fala sobre situação da mãe e revela última conversa com o Rei

Rueda se refere a uma entrevista dada por Pelé ao canal de YouTube 'Camisa 21', no programa 'Bolívia Talk Show', onde ele se diz contrário à aposentadoria do número 10 no Peixe, já que assim 'continuaram se lembrando dele'.

Ao L!, o mandatário santista ainda foi além e ressaltou que o clube começará a temporada com a camisa 10, usada atualmente no elenco por Soteldo.

Inicialmente, o Santos tinha planos de pelo menos jogar o Campeonato Paulista sem o número consagrado por Pelé. Com a decisão de Rueda, o clube por enquanto homenageará o Rei com o uso de uma coroa em cima de seu escudo.

Conforme o L! apurou, a aposentadoria da camisa 10 foi um pedido das filhas do Rei a Rueda. O assunto, contudo, é polêmico dentro do clube.

Não se sabe se com o anúncio do presidente o Conselho abandonará os planos de levar a aposentadoria da camisa 10 para discussão no órgão, em sessão extraordinária, como queriam algumas pessoas influentes do clube.

Pelo Peixe, Pelé tem 1.091 gols em 1.116 jogos (de acordo com números do clube). É o recordista absoluto nos quesitos. Conquistou ainda dez campeonatos paulistas, cinco brasileiros, três Rio-São Paulo, duas Copas Libertadores e dois Mundiais de Clubes.