Ao L!, CEO do Grupo Taunsa revela que negocia manutenção de patrocínio na camisa do Corinthians

·1 min de leitura
Róger Guedes estreou a camisa 9 no empate contra a Ferroviária, pelo Paulistão (Foto: Rodrigo Coca/Ag.Corinthians)


O Grupo Taunsa negocia com o Corinthians a manutenção da marca na parte superior das costas da camisa do clube.

Na última terça-feira (25), o Timão anunciou que a empresa de agronegócios, responsável por custear parte dos salários do meia Paulinho, contratado no fim do ano passado, estamparia a região do uniforme alvinegro nas quarto primeiras partidas do clube do Parque São Jorge na temporada. O primeiro jogo foi justamente a estreia corintiana na temporada, na última terça-feira (25), quando o Time do Povo ficou apenas no empate em 0 a 0 contra a Ferroviária, na Neo Química Arena.

> TABELA: Confira e simule os jogos do Paulistão
> GALERIA: Timão foi ativo para “se livrar” de atletas fora dos planos

Em entrevista exclusiva ao LANCE!, o CEO do Grupo Taunsa, Cleidson Cruz, afirmou que conversa com a diretoria corintiana para que a marca seja mantida na camisa da equipe.

- Estamos discutindo. Faz parte de um segundo projeto, nos tornarmos um patrocinador da camisa do Corinthians, a princípio nas costas - afirmou o empresário.

A parceria entre o Timão e a Taunsa está previsa contratualmente até o fim de 2023, quando se encerra a atual administração do clube, na qual o presidente é Duílio Monteiro Alves. Foi o próprio Duílio e o seu irmão Adriano Monteiro Alves, secretário-geral do clube, que firmaram o acordo com a empresa de agronegócios.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos