Ao L!, Alex aponta trunfos de Palmeiras e Santos e projeta final de Libertadores decidida 'nos detalhes'

Vinícius Faustini
·2 minuto de leitura


O ex-meia Alex acredita que Palmeiras e Santos têm trunfos de sobra na busca pelo título da Copa Libertadores de 2020 (que acontecerá no início deste ano devido às alterações no calendário causadas pela pandemia de Covid-19). Em entrevista exclusiva ao LANCE!, o embaixador da Betfair.net, que espera uma final digna da grandeza do clássico neste sábado (30), traçou um panorama do que os torcedores podem esperar no Maracanã.

VEJA A ÍNTEGRA DA ENTREVISTA ABAIXO


Porém, o ex-jogador vê um enfoque diferente do elenco do Santos em relação á sua briga pelo tetracampeonato continental.

- No Santos é um pouco diferente. Ao contrário do Palmeiras, a Libertadores tornou-se a chance de comemorar um campeonato neste ano. No Brasileiro, o time corre risco de sair das primeiras posições. A gente vê o Red Bull Bragantino e outras equipes que vêm pontuando no Brasileiro, tentando "beliscar" uma vaga. A parte psicológica do Peixe para esta final de Libertadores tem outro aspecto - disse.

Em seguida, o craque valorizou o crescimento santista no decorrer da Copa Libertadores.

- Eu, sinceramente, não imaginava que o Cuca conseguisse fazer um time tão forte. Mas ao longo deste período os jogadores foram evoluindo tanto no coletivo quanto individualmente e estão vivendo momentos muito legais - pontuou.

Alex não escondeu que é difícil apontar o principal jogador do atual elenco do Santos.

- O Santos é tão louco que a gente pode falar dos três goleiros, por exemplo, o que não é comum nas equipes! Além disso, o time lidou com Covid-19, teve lesões, suspensões, mas foi mantido o bom nível entre os goleiros. O elenco tem um jogador como o Pará, que pouca gente comenta, mas é bicampeão da América (conquistou a Copa Libertadores pelo Santos, em 2011, e pelo Flamengo, em 2019), tem conhecimento da competição, é um jogador experiente - e constatou:

- O Cuca achou uma forma do Santos jogar. Não consigo dar um destaque para esse ou para aquele jogador, porque na quarta-feira um se destaca, enquanto no domingo outro vai bem. É óbvio que hoje, até por eles serem "fantasistas", terem aquela coisa mais divertida de ver, o Marinho e o Soteldo chamam mais a atenção do público. Mas o Santos, no geral, tem jogado muito bem - completou.

O ex-meia esquivou-se quanto a dar palpite sobre quem vencerá a final da Copa Libertadores de 2020.

- Não, não tenho palpite, não sou bom nessas coisas. Minha torcida é para que seja um grande jogo - disse.

Porém, deixou um alerta para palmeirenses e santistas em relação ao clássico deste sábado (30) no Maracanã.

- Aquele que for melhor e aproveitar os detalhes vai sair campeão - declarou.