Antony leva pancada em treino, machuca tornozelo e vira dúvida

Alexandre Guariglia
LANCE!


Antony levou uma pancada no tornozelo esquerdo, em disputa de bola com Fabinho, durante o treino do São Paulo, na manhã desta quarta-feira, e deixou o gramado do CT da Barra Funda antes do fim da atividade. Juanfran, com dores no pé, foi preservado do trabalho no gramado pesado e ficou no Reffis. Arboleda, ainda no Equador, foi desfalque novamente.

O São Paulo não acredita que o lateral-direito espanhol vá ser problema para a partida de domingo, às 16h, no Morumbi, contra a Ponte Preta, último compromisso antes da estreia na Libertadores, quarta-feira, contra o Binacional (PER), em Juliaca. Ele deve voltar aos treinos já nesta quinta-feira.

Quanto a Antony, ainda será preciso avaliá-lo, embora a primeira impressão não aponte para uma lesão mais grave, apenas um entorse. Ele precisou imobilizar o pé e utilizar muletas para auxiliar na locomoção e evitar um pisão em falso. No entanto, a realização de exames dependerá da evolução da dor. O jovem de 20 anos ainda tentou seguir no treino após receber a pancada e ser atendido, mas acabou sendo preservado e deixou o gramado caminhando.



Durante entrevista coletiva nesta quarta-feira, após a atividade, o goleiro Tiago Volpi falou do que viu da pancada sofrida pelo jovem tricolor.

- Foi uma pancada na hora do treino, um lance de treino, ainda mais com o campo molhado como estava hoje, mas acredito que não tenha sido nada grave. A questão do pé protegido é mais uma precaução para não ficar forçando. Agora é aguardar, acho que ele vai fazer exame, mas não acredito que seja algo grave - relatou o arqueiro são-paulino.

Após voltar da Seleção Olímpica, o atacante foi vendido ao Ajax e tem apresentação prevista na Holanda para 1º de julho. O clube europeu fez um seguro para que ele continue atuando pelo Tricolor até lá. Em caso de lesão, será ressarcido pelo período em que o atleta não puder ser utilizado.

O zagueiro Arboleda, está no Equador para resolver problemas particulares. Ele foi liberado pelo clube para ficar dois dias afastado para ir até sua terra natal. O retorno do defensor aos treinamentos está previsto para esta quinta-feira.

No último sábado, o São Paulo venceu o Oeste por 4 a 0, em Barueri, com o time considerado ideal por Fernando Diniz: Tiago Volpi, Juanfran, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Tchê Tchê, Daniel Alves e Igor Gomes; Antony, Vitor Bueno e Pato. Com a vitória, o Tricolor assumiu a liderança do Grupo C do Paulistão, com 12 pontos e neste domingo enfrenta a Ponte Preta, no Morumbi.








Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também