Antonio Conte, técnico do Chelsea, compara David Luiz a Maldini

Antonio Conte está feliz em ver Kante e Hazard, dois de seus jogadores, nomeados para o prêmio de Melhor Jogador do Ano Premier League, mas pensa que David Luiz e Cesar Azpilicueta também deveriam estar na lista.

A defesa formada por três homens dos Blues foi um dos principais motivos para a liderança isolada do time na liga. Vendido pelo PSG ao Chelsea, por £ 32 milhões de libras, no último dia da janela de transferências, o brasileiro se tornou um dos destaques da temporada.

"David [Luiz] chegou à Inglaterra e eu ouvi muitas coisas ruins sobre ele quando chegou, e por que ele estava voltando no Chelsea, já que no passado, ele tinha ido mal e também que ele não era um "defensor". Era um desafio para ele, mas também para mim", disse Conte.

Marcos Alonso David Luiz

(Foto: Getty Images)

VEJA TAMBÉM:

"Eu gosto, sempre, de lhe repetir que é muito importante ter a concentração correta. Ele tem um papel crucial conosco e eu acho que ele tem jogado muito bem.Mas eu quero que ele continue muito bem pelo resto da vida", afirmou ele.

"Eu li nos jornais, um monte de considerações ruins, dizendo que nós gastamos muito dinheiro com ele e, no passado, ele não tinha sido muito bom como um defensor. De que ele jogava no meio-campo", continuou o treinador.

Paolo Maldini AC Milan Serie A


(Foto: Getty Images)

"Eu ouvi muitas dessas coisas, mas quando decidimos comprá-lo, trazê-lo de volta, nós estávamos certos. Estavámos certos de que estávamos contratando um jogador muito bom e que colocariamos ele novamente como um dos melhores defensores da Europa e, eu espero, do mundo", projetou ele.

"Eu acho que essa posição é perfeita para David jogar no centro, com três defensores. Esta é a melhor posição para ele, porque ele tem boa técnica, ele é forte", apontou ele, que comparou o seu comandado com a lenda do Milan, Paolo Maldini.

"É mais difícil para os defensores, não? Por esta razão, Paolo Maldini nunca ganhou o prêmio de jogador do ano, ou de melhor jogador do mundo. Por esta razão. Os defensores são um pouco penalizados", concluiu Conte.