Antetokounmpo joga sozinho, Raptors jogam bem e abrem 3 a 2 na série

A série entre Toronto Raptors e Milwaukee Bucks continua muito equilibrada e, no jogo 5, quem levou a melhor foi o time canadense, que abriu 3 a 2 na série melhor de sete. Jogando em casa, nesta segunda-feira, os canadenses ganharam por 118 a 93 e se colocaram a um triunfo da classificação para a próxima fase.

Parte da vitória pode se explicar pelo fato de, além de ter tido melhor aproveitamento nos arremessos em quadra (57,7%, contra 50%), os comandados de Dwane Casey foram muito superiores nos rebotes, ficando com 17 a mais do que o seu adversário.

Norman Powell foi o cestinha do time da casa, marcando 25 pontos. Kyle Lowry (16 pontos e 10 assistências), DeMar DeRozan (18 pontos e seis assistências) e Serge Ibaka (19 pontos) também se destacaram. DeMarre Carroll foi o único titular que não passou dos 12 pontos.

Pelo lado dos visitantes, Giannis Antetokounmpo voltou a brilhar, marcou 30 pontos e pegou nove rebotes. O grande problema foi que os outros jogadores não jogaram bem, com exceção de Malcolm Brogdon, que marcou 19 pontos.

As duas equipes voltam a se enfrentar na quinta-feira, dia 27 de abril, no Bradley Center, casa da equipe de Wisconsin. Os Raptors precisam apenas de uma vitória para a série acabar, enquanto os Bucks têm que ganhar para levar a série para o jogo 7, que seria no Canadá.

O jogo

Depois dos Raptors começarem abrindo 7 a 2, o Milwaukee Bucks se recuperou com duas bolas de três e o confronto passou a ser equilibrado. Nos últimos cinco minutos, o jogo passou a ser dos canadenses, que conseguiram abrir onze pontos de vantagem. A partida foi para o segundo quarto em 31 a 20.

O segundo quarto foi muito similar ao primeiro, em que as duas franquias conseguiram jogar em pé de igualdade por boa parte do tempo, mas, em dado momento, o time da casa passou a ser superior. O que mudou foi que, depois de a diferença de pontos chegar a 20 pontos, os visitantes conseguiram reduzir o déficit, levando o duelo para o intervalo com o placar de 57 a 48.

Depois de um segundo quarto que os Bucks conseguiram jogar de igual para igual (o placar do quarto foi de 28 a 26 para os visitantes), os Raptors conseguiram ampliar sua vantagem para 15 pontos com oito minutos para o final e terminou o quarto com o placar em 90 a 73.

O time da casa voltou a mostrar superioridade e manteve o jogo sempre sobre controle no último período do jogo 5. Ao final dos 12 minutos finais, a equipe canadense tinha o placar de 118 a 93 a seu favor.