Antes de paralisação do Paulista, Corinthians vence o São Caetano

·3 minuto de leitura
SÃO CAETANO DO SUL, SP, 14.03.2021 – SÃO CAETANO-CORINTHIANS: Bruno Mendéz, do Corinthians, comemora seu gol - Partida entre São Caetano e Corinthians, válida pela 4ª rodada do Campeonato Paulista 2021, realizada no estádio Anacleto Campanella, no ABC Paulista, na noite deste domingo (14). (Foto: Ettore Chiereguini/Agif/Folhapress)
SÃO CAETANO DO SUL, SP, 14.03.2021 – SÃO CAETANO-CORINTHIANS: Bruno Mendéz, do Corinthians, comemora seu gol - Partida entre São Caetano e Corinthians, válida pela 4ª rodada do Campeonato Paulista 2021, realizada no estádio Anacleto Campanella, no ABC Paulista, na noite deste domingo (14). (Foto: Ettore Chiereguini/Agif/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em uma partida fraca tecnicamente, o Corinthians sofreu para conseguir vencer o São Caetano por 1 a 0, neste domingo (14), no estádio Anacleto Campanella, jogo pela quarta rodada do Campeonato Paulista--Bruno Méndez, improvisado na lateral esquerda, fez o único gol do confronto.

Líder do Grupo A, agora com oito pontos, a equipe corintiana conquistou a segunda vitória no torneio. Já o time do ABC soma somente um ponto na competição e, além de ser o último do Grupo D, é o penúltimo na classificação geral, na zona de rebaixamento.

Foi o último duelo do time alvinegro no Estadual antes da suspensão da competição imposta pelo governo de São Paulo por duas semanas, a partir desta segunda-feira (15), devido ao avanço da pandemia do novo coronavírus no estado.

Mesmo com a suspensão do Paulista, o Corinthians volta a campo na quarta-feira (17), quando enfrentará o Salgueiro (PE), em Pernambuco, às 21h30, em partida pela primeira fase da Copa do Brasil.

A sequência no mata-mata nacional será definida em duelo único. Por jogar fora de casa, a equipe paulista terá a vantagem avançar com um empate. Mesmo assim, precisará apresentar um futebol melhor do que o praticado neste domingo, diante do São Caetano.

Demorou quase meia hora para que o Corinthians tivesse uma chance clara de gol no primeiro tempo até Otero recebesse uma bola na pequena área. Depois de limpar a marcação, porém, ele desperdiçou o lance com um chute pelo alto.

Mesmo com as dificuldades técnicas do time do ABC, Cássio já havia trabalhado duas vezes, ambas em tentativas de Guilherme Castro.

Enquanto isso, o meio de campo corintiano tinha dificuldade para trabalhar a bola. Em parte pela péssima qualidade do gramado, cheio de buracos, mas também pela ineficiência de Luan, escalado como titular pela primeira vez na temporada, mas longe de aproveitar a oportunidade.

Com a volta de Fagner, o time insistia, ainda, em jogadas pelo lado direito, deixando Mateus Vital, que vem sendo o mais criativo da equipe nos últimos jogos, isolado no lado esquerdo --além do lateral, Cássio e Gabriel também retornaram após terem ficado em isolamento depois de receberem diagnóstico de Covid.

Perto do fim da etapa inicial, o Corinthians enfim conseguiu passar mais tempo com a bola no campo de ataque e, após descolar um escanteio, abriu o placar com Bruno Méndez, aos 41 minutos, de cabeça --foi o primeiro gol do uruguaio na 34ª partida dele com a camisa alvinegra.

A etapa final teve ainda menos chances do que a primeira e o placar seguiu sem mudanças até o fim.

SÃO CAETANO

Luiz; Tony, Lucas Dias (Polidoro, aos 14'/2T), Carlos Alexandre e Daciel (Neto, aos 43'/2T); Luiz Felipe e Charles; William (Guilherme Pira, aos 14'/2T), Diego Cardoso e Guilherme Castro (Marcinho, aos 13'/2T); Carlinhos (Emerson, aos 24'/2T). Técnico: Wilson Júnior.

CORINTHIANS

Cássio; Fagner (João Victor, aos 30'/2T), Jemerson, Gil e Bruno Méndez; Gabriel; Otero, Luan (Vitinho, aos 29'/2T), Rodrigo Varanda (Gabriel Pereira, aos 30'/2T) e Mateus Vital (Antony, aos 45'/2T); Jô. Técnico: Vagner Mancini.

FICHA TÉCNICA

SÃO CAETANO 0X1 CORINTHIANS

Competição: Campeonato Paulista - 4ª rodada

Data: 14/03/2021 (domingo)

Horário: 19h (de Brasília)

Local: Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul (SP)

Árbitro: Douglas Marques das Flores (SP)

Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Vladimir Nunes da Silva (SP)

VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)

Cartões amarelos: Fagner e Gabriel (COR); Charles (SCA)

Gols: Bruno Méndez, do Corinthians, aos 41 minutos do primeiro tempo.