Antes 'La Bestia Negra', agora 'rumo ao naufrágio na Serie B'. Situação do Cruzeiro repercurte na Argentina

·2 minuto de leitura


A quase certeza que o Cruzeiro vai jogar a Série B pelo terceiro ano seguido após a derrota para o CSA repercutiu fora do Brasil. O “Diário Olé”, principal jornal esportivo da Argentina, deu destaque para a situação dramática vivida pelo time celeste.

O periódico do país vizinho estampou em seu site que a Raposa precisa de um milagre para conseguir voltar à elite do futebol nacional. “Cruzeiro: um gigante que naufraga na B e precisa de um milagre”, era a manchete.

- O Cruzeiro vive uma crise esportiva e institucional que parece não ter fim. Em 2019, na mesma temporada em que chegou às oitavas de final da Copa Libertadores, foi rebaixado pela primeira vez à Série B do futebol brasileiro, e o que parecia ser uma rápida volta se transformou em um pesadelo sem prazo de validade. Neste novo ano na B, está muito mais perto de continuar mais uma temporada nessa categoria do que de ficar esbarrando nos times mais importantes do Brasil. Está ainda mais perto da C do que de retornar à primeira-dizia o texto no site do Olé.

A consternação do Olé sobre a situação do Cruzeiro é um sina de como o clube azul está em “queda livre” dentro e fora de campo. Antes chamado de “La Bestia Negra” por clubes da Argentina e América do Sul, atualmente o Cruzeiro luta para sobreviver com seus compromissos financeiros do a dia a e ainda tentar se tornar relevante dentro do cenário nacional após a queda para a segunda divisão e descobertas de falcatruas da gestão Vagner Pires de Sá , que cometeu vários crimes e está sendo investigada.

A Raposa venceu várias vezes os times hermanos em decisões de Libertadores, Supercopa e outras competições do continente. Agora, o papel cruzeirense e evitar nova queda, desta vez para a terceira divisão e se apegar numa chance remota de acesso em 2022.

O Cruzeiro ocupa a 14ª posição do Brasileiro da Série B com 31 pontos quatro a mais que o Londrina, primeiro fa zona do rebaixamento. Já a distância para o CRB, quarto colocado, é de 13 pontos, faltando 12 jogos para o fim da competição.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos