Antes de fechar com Cerro, goleiro Jean foi sondado por grandes

Jorge Nicola
·1 minuto de leitura
GO - Goiania - 27/02/2021 - GOIANO 2020 ATLETICO-GO X GOIANESIA (FINAL) - Jean goleiro do Atletico-GO durante partida contra o Goianesia no estadio Antonio Accioly pelo campeonato Goiano 2021. Foto: Heber Gomes/AGIF
GO - Goiania - 27/02/2021 - GOIANO 2020 ATLETICO-GO X GOIANESIA (FINAL) - Jean goleiro do Atletico-GO durante partida contra o Goianesia no estadio Antonio Accioly pelo campeonato Goiano 2021. Foto: Heber Gomes/AGIF

A ótima temporada com a camisa do Atlético-GO não foi suficiente para o goleiro Jean apagar o episódio de agressão contra sua ex-mulher, em janeiro do ano passado. Explica-se: é que o jogador do São Paulo foi sondado por pelo menos três grandes clubes brasileiros nos últimos dias, mas acabou parando no Cerro Porteño, do Paraguai.

>> Ouça o 'Segunda Bola', o podcast do Yahoo com Alexandre Praetzel e Jorge Nicola

O acordo foi anunciado de forma oficial pelo Cerro, que já depositou R$ 1,4 milhão na conta do Tricolor pelo empréstimo de Jean até dezembro. No período, 100% dos salários do goleiro serão bancados pelo Cerro, ou seja, R$ 320 mil mensais.

Leia também:

O São Paulo também está confiante que o time paraguaio o comprará em dezembro por US$ 2,8 milhões, que equivalem hoje a R$ 16 milhões - ele havia sido adquirido do Bahia por R$ 6 milhões.

Depois de 46 jogos e seis gols marcados com a camisa do Atlético-GO, Jean voltou ao São Paulo ciente de que não teria oportunidades. Ainda assim, foi sondado por Grêmio, Vasco e outro grande. Todos, porém, não levaram as negociações adiante temendo a repercussão negativa por causa da briga com sua ex-esposa.