Antes da convocação, Daniel Alves organizava festa a R$ 800 para torcedores em mansão de São Paulo

***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 17.11.2019 - O lateral-direito Daniel Alves, convocado para Copa do Mundo. (Foto: Eduardo Knapp/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 17.11.2019 - O lateral-direito Daniel Alves, convocado para Copa do Mundo. (Foto: Eduardo Knapp/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um emoji de carinha piscando e língua de fora responde a uma pergunta feita em tom de brincadeira pelos organizadores da festa Good Crazy para a Copa do Mundo: será que o anfitrião Daniel Alves vai dar uma passadinha no evento?

Nos dias 24 e 28 de novembro e 2 de dezembro, datas da primeira fase do Brasil na Copa, o jogador estará no Qatar e não ao lado dos torcedores que pagarem R$ 800 para a festa com open bar, shows e djs em uma mansão no Jardim América, em São Paulo.

Além da transmissão dos jogos, da música e das bebidas, o evento do atleta promete "espaço instagramável e muita gente bonita". A mansão, segundo os organizadores, tem capacidade para até 500 pessoas.

"Mi casa es tu casa", disse Daniel em uma das divulgações da festa.

O atleta já realizou festas no réveillon de Fernando de Noronha e no Carnaval de São Paulo.

Nome mais discutido na lista de convocados por Tite para a Copa do Mundo, Daniel Alves será o jogador brasileiro mais velho na história do torneio.

"Estamos aqui para não falhar com aqueles que confiam na nossa entrega, na nossa dedicação, no amor que sentimos pelo esporte, no amor que sentimos por esta camisa, no amor que sentimos poder lograr grandes coisas com esta camisa. Assim foi toda a minha vida", ele disse em vídeo divulgado após a convocação.

Será a terceira Copa de Daniel Alves. Ele esteve na África do Sul em 2010 e no Brasil, em 2014. Era nome certo na Rússia, há quatro anos, mas sofreu lesão no joelho direito.