Antes do clássico, Botafogo treina de novo sem Marcelo, mas com torcida

Felippe Rocha
Zagueiro não foi ao campo do Nilton Santos neste sábado. Por outro lado, Matheus Fernandes e Leandrinho reapareceram. Cerca de 200 botafoguenses viram a atividade

O Botafogo encerrou a preparação para o clássico com o Vasco com um treino tático fechado, neste sábado, no Estádio Nilton Santos. Mas a parte fechada durou cerca de 40 minutos. Em seguida, a torcida teve acesso à arquibancada do estádio e incentivou os jogadores durante o trabalho técnico.

Quem eles não viram foi o zagueiro Marcelo. Opção também para a lateral direita, ele sentiu o músculo posterior da coxa direita na sexta-feira e está praticamente descartado da partida deste domingo. Por outro lado, Matheus Fernandes e Leandrinho reapareceram no campo.

O volante teve uma lesão no músculo anterior da coxa direita, enquanto o meia sentiu o anterior da coxa esquerda. Ambos na partida contra o Volta Redonda, na quinta-feira da semana passada. Matheus esteve de chuteira, enquanto Leandrinho trabalhou de tênis.

Eram cerca de 200 botafoguenses, que apoiaram os jogadores na primeira parte da atividade deste sábado promovida pelo departamento de marketing do clube, no estádio. Eles recepcionaram também outros atletas como Bochecha e Luis Ricardo, que ainda não têm prazo de retorno aos jogos.

Caio Granado

Momentos de emoção também aconteceram na atividade: Caio Granado, jogador do Botafogo Reptiles (time de futebol americano do Glorioso), morto após acidente de carro na noite de terça-feira, foi homenageado pela torcida. Os presentes cantaram o nome do atleta e familiares receberam abraços dos jogadores da equipe de futebol.







E MAIS: