Antônio Zago será denunciado por agressão ao médico do Caxias

Internacional jogou com uma trinca ofensiva formada por Nico López, Cirino e Pottker

De acordo com Renan Eduardo Cardoso, procurador do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-RS), o técnico do Internacional, Antônio Carlos Zago, será denunciado por agressão ao médico do Caxias, Jeferson Mezomo. Cardoso ainda espera a súmula da partida ser divulgada, mas garante que já viu as imagens e entrará com a denúncia.

No último sábado, no primeiro tempo da vitória do Inter por 1 a 0 sobre o Caxias, na ida da semifinal do Campeonato Gaúcho, o comandante colorado se desentendeu com o médico do time grená e lhe deu um 'biquinho' com o pé direito.

Assim, ele será enquadrado no artigo 254-A, que fala em em "praticar agressão física durante a partida, prova ou equivalente". A pena varia de quatro a 12 jogos.O próprio médico do Caxias, inclusive, também será denunciado por estar frequentando a área técnica do Internacional e estará, caso a denúncia seja aceita, enquadrado no artigo 258. Um terceiro denunciado será o auxiliar de Zago, Galeano, que empurrou o mesmo funcionário do Caxias e pode pegar até três jogos de suspensão.

- Zago deve ser denunciado por agressão, de forma escondida, e a pena mínima é de quatro partidas. O Galeano por atitude hostil e o médico, que invadiu a área técnica do Inter, por atitude antidesportiva. Estamos aguardando a chegada da súmula. As imagens são claras. Temos que ver se o árbitro relatará algo - disse Cardoso ao site Globoesporte.com

Depois da vitória e mais calmo, o treinador do Inter garantiu que ele e o médico do Caxias já se 'entenderam':

- Ele vinha xingando o D’Alessandro desde o campo, tinha que entrar para ver o jogador e fazer a parte dele, não ficar ofendendo em campo os jogadores do Inter. São coisas que acontecem, estava nervoso. O árbitro, eu. Já ficou arquivado, conversamos depois, também – disse Zago.









E MAIS: