António Oliveira deixa Athletico-PR após série instável com eliminação no Paranaense

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O técnico português António Oliveira deixou o Athletico-PR nesta quinta-feira (9). Ele pediu demissão do cargo após ser eliminado nas semifinais do Campeonato Paranaense pelo Cascavel na noite do ​dia anterior.

O português chegou ao clube em 2020 para integrar a comissão técnica de Paulo Autuori, que agora voltará a comandar a equipe rubro-negra interinamente até que um novo treinador seja contratado em definitivo.

Efetivado neste ano, Oliveira acumulou 39 partidas à frente do Athletico, com 20 vitórias, 7 empates e 12 derrotas no período. Para sua saída, pesou a recente série instável: o time não vence no Campeonato Brasileiro há seis rodadas.

Apesar da oscilação, o treinador conseguiu levar o Athletico às quartas de final da Copa do Brasil, em que enfrentará o Santos com a vantagem de ter vencido o jogo de ida, e às semifinais da Copa Sul-Americana, na qual disputará vaga na finalíssima com o Peñarol (URU), desempenho celebrado pelo português.

"Saio de consciência tranquila e agradeço o apoio de todos, que, junto comigo, saímos de uma zona de queda no ano passado para a fase final de duas das copas, simultaneamente, fato inédito na história do CAP", escreveu em nota de despedida.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos