Ansioso por volta ao Maracanã, Abel quer treino na véspera da estreia na Sula

Matheus Dantas
Técnico do Flu ainda diz que viu falta no lance do gol do Flamengo, mas evita polemizar

Acostumado a jogar e comandar as equipes no Maracanã, Abel Braga não vê a hora de voltar ao estádio que já atuou por Vasco, Fluminense e Botafogo, além de ter dirigido os quatro grandes clubes do Rio de Janeiro no mesmo palco. O reencontro com o Maraca já tem data marcada para Abel: dia 5 de abril, quando o Tricolor estreia na Sul-Americana diante do Liverpool, do Uruguai.

- Não gosto de me envolver nisso, mas o Fluminense tem um contrato e vai brigar por isso. Tem que ser cumprido de uma maneira ou outra. Estamos doidos para ver o torcedor no Maracanã. Estamos precisando disso. O torcedor andou meio desconfiado no fim do ano passado, mas hoje estão felizes, sem falar mal de ninguém. O torcedor está acreditando porque vê em campo um time com alma - comentou o comandante na sexta-feira, após o treino no CT.

Antes da estreia na Sul-Americana, o Fluminense encara o Flamengo em Cariacica, em partida sem grande valor pelo Campeonato Carioca. Assim, o comandante já está planejando a semana que vem e revelou que pretende fazer um treino na terça-feira, dia 4, para apresentar o Maracanã aos jogadores que nunca atuaram no "Maior do Mundo".

- Queremos voltar ao maior palco do mundo, o mais famoso. Se tiver a possibilidade vamos fazer um treino lá antes do jogo, nem que seja para bater uma bola, cobrar um pênalti... Tem jogador nosso aqui que nunca entrou lá. Precisamos disso - declarou Abel Braga, antes de finalizar a coletiva:

- Por mim, (os jogos) vão ser sempre no Maracanã. Minha vida começou ali.







E MAIS: