Anitta revela que foi estuprada aos 14 anos: "Fiquei olhando para a cama cheia de sangue"

Bárbara Saryne
·2 minuto de leitura
Foto: Reprodução/Instagram/@anitta
Foto: Reprodução/Instagram/@anitta

Anitta contou pela primeira vez que foi violentada sexualmente na adolescência. O desabafo aconteceu no primeiro episódio da série documental ‘Anitta: Made In Honório’, que estreou na madrugada desta quarta-feira (16), na Netflix. Segundo ela, o caso rolou quando tinha 14 anos.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

“Sempre me coloquei numas relações meio abusivas. Quando eu tinha 14 para 15 anos, conheci uma pessoa. Eu tinha medo dele, ele era autoritário comigo, falava de forma autoritária. Eu era diferente quando era adolescente, não era como sou hoje em dia", iniciou ela.

Leia também:

A poderosa disse que tudo começou com uma briga. Ele estava estressado e Anitta achou que seria melhor procurar um lugar para que eles ficassem a sós. O rapaz interpretou como um convite para algo a mais. “Rapidamente, na mesma hora, ele parou o estresse dele e perguntou se eu tinha certeza. Falei que sim. Mas hoje tenho plena certeza que falei que sim, porque eu tinha muito medo do estresse dele", desabafa.

Foto: Reprodução/Netflix
Foto: Reprodução/Netflix

Aos prantos, Anitta revelou que se arrependeu da proposta e falou que não queria mais, mas não foi respeitada pelo namorado. “Ele não ouviu. Ele não falou nada. Ele só seguiu fazendo o que ele queria fazer. Quando ele acabou, ele saiu, foi abrir uma cerveja e eu fiquei olhando pra cama cheia de sangue”, conta.

A força e independência da cantora nasceu no dia em que foi violentada. Anitta diz que saiu dali com a certeza que precisa mudar e ser mais corajosa. Ela diz que criou, então, uma personagem bem diferente dela. Os familiares de Anitta também fizeram uma participação no documentário e revelaram que souberam da história há pouco tempo.

Nas redes sociais, fãs de Anitta manifestaram apoio e elogiaram a artista pela coragem de expor o assunto e incentivar outras pessoas a denunciarem abusos. A assessoria da poderosa ainda garantiu que ela não falará mais sobre esse tema.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube