Andy Murray vai buscar seu terceiro ouro consecutivo nos Jogos de Tóquio

·1 minuto de leitura
Andy Murray tem a chance de ganhar um terceiro título olímpico de tênis consecutivo após ser selecionado pela equipe britânica para os Jogos de Tóquio

O ex-número 1 do mundo, Andy Murray, pode sonhar com a terceira medalha de ouro consecutiva nos Jogos de Tóquio, após ser selecionado nesta quinta-feira para competir com a equipe britânica.

Murray, de 34 anos, cuja carreira tem sido prejudicada nos últimos anos por lesões, venceu o argentino Juan Martín del Potro em uma final memorável nos Jogos do Rio de 2016.

Quatro anos antes, o escocês havia vencido a final dos Jogos de Londres contra o astro suíço Roger Federer.

Além de jogar simles em Tóquio, Murray estará também nas duplas ao lado de Joe Salisbury.

Murray, vencedor de três títulos do Grand Slam, voltou de uma lesão na semana passada no ATP de Queen's e perdeu na segunda rodada para Matteo Berrettini, que depois conquistaria o título.

Seu próximo desafio é brilhar em Wimbledon, onde venceu duas vezes e para o qual recebeu um convite. O tradicionalíssimo torneio disputado em piso de grama começa na segunda-feira.

Os Jogos Olímpico, adiados em 2020 devido à pandemia, serão disputados na capital japonesa de 23 de julho a 8 de agosto.

pi/pm/iga/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos