Andrew Kwemoi vence e coloca Uganda na lista de campeões da São Silvestre

Andrew Kwemoi, de Uganda, ganha a São Silvestre 2022. Foto: MIGUEL SCHINCARIOL/AFP via Getty Images
Andrew Kwemoi, de Uganda, ganha a São Silvestre 2022. Foto: MIGUEL SCHINCARIOL/AFP via Getty Images

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Assim como na prova feminina, a corrida masculina da São Silvestre de 2022 teve um campeão africano. O vencedor foi Andrew Kwemoi, de 22 anos, ganhador pela primeira vez no tradicional circuito brasileiro e primeiro representante de Uganda no lugar mais alto do pódio na competição. No feminino, Catherine Reline vence e manteve a hegemonia queniana.

A 97ª edição da Corrida Internacional de São Silvestre foi disputada neste sábado (31), em São Paulo.

Joseph Panga, da Tanzânia, cruzou a linha de chegada na segunda colocação, e o também ugandense Maxwell Rotich completou o pódio. Fábio Jesus Ferreira foi o melhor brasileiro na categoria e terminou na quarta posição.

Leia também:

A última vitória brasileira na prova masculina da São Silvestre aconteceu em 2010, com Marílson Gomes dos Santos.

Desde então, houve dez ganhadores africanos, além do etíope Dawit Fikadu Admasu, que venceu em 2017 já como representante do Bahrein, país asiático pelo qual se naturalizou após a sua primeira conquista na prova brasileira, em 2014.

Com a vitória de Kwemoi, Uganda entra pela primeira vez na lista de títulos masculinos na São Silvestre. O Quênia lidera esse ranking com 15 vitórias, e o Brasil aparece em segundo lugar, com 11.

Catherine Reline, do Quênia, vence a São Silvestre 2022. Foto:REUTERS/Carla Carniel
Catherine Reline, do Quênia, vence a São Silvestre 2022. Foto:REUTERS/Carla Carniel

A 97ª edição da São Silvestre marcou o retorno da normalidade no evento após a pandemia da Covid-19. Depois de ter sido suspensa em 2020 por conta das restrições provocadas pelo coronavírus, a edição do ano passado havia sido realizada com limite de inscritos (22 mil).

Desta vez, sem limitação, a prova contou com 32 mil participantes, de acordo com os organizadores.

A principal corrida de rua da América Latina tem um percurso de ao todo 15 km por ruas e avenidas da cidade de São Paulo. Tanto a largada quanto a chegada acontecem na Avenida Paulista.

O trajeto também passa por pontos conhecidos da cidade, como o estádio Pacaembu, a Praça da República e a esquina da Avenida Ipiranga com a Rua São João.