Andreas Pereira conversa com torcida organizada no Ninho do Urubu

·1 min de leitura
Jogador que falhou na final da Libertadores recebeu apoio dos membros de torcida organizada que estiveram presentes no CT flamenguista. Foto: (Gabriel Reis)
Jogador que falhou na final da Libertadores recebeu apoio dos membros de torcida organizada que estiveram presentes no CT flamenguista. Foto: (Gabriel Reis)

A prévia da partida do Flamengo contra o Ceará teve um encontro curioso, mas esperado no Ninho do Urubu. Membros da torcida organizada Raça Rubro Negra, do Flamengo, se dirigiram ao centro de treinamento da equipe e tiveram conversa pessoalmente com o meia Andreas Pereira, que falhou na prorrogação da final da Copa Libertadores da América e gerou o gol de Deyverson, decisivo para a conquista palmeirense.

No encontro, quatro membros da torcida organizada conversaram, em clima de paz, com o jogador que pertence ao Manchester United e está emprestado até a metade do próximo ano ao Flamengo.

Leia também:

Nas redes sociais, após a derrota no Estádio Centenário de Montevidéu, Andreas publicou mensagem pedindo desculpas à torcida e prometendo comprometimento para reconquistá-los: "Nação, estou aqui com coração apertado! Hoje eu errei! Não faltou vontade, raça... e nunca vai faltar! Momentos difíceis mostram o caráter do nosso grupo que nesses 3 meses me acolheu na família Flamengo com tanto carinho! Peço desculpas pelo erro de hoje! Eu prometo, vou reconquistar vocês!".

O meia, aos torcedores presentes no Ninho do Urubu, prometeu que "só sai do Flamengo quando ganhar a Libertadores", além de pedir desculpas. Os membros da organizada prometeram apoio através de cânticos nas arquibancadas do Maracanã.

Após demitir Renato Portaluppi, o Flamengo encara o Ceará na noite desta terça-feira (30) para "cumprir tabela" no Campeonato Brasileiro, já que o clube tem chances mínimas de conquistar o título e está praticamente classificado para a próxima edição da Libertadores.