André Ramalho comemora acerto com o PSV: 'Muito feliz e motivado'

·3 minuto de leitura


Orgulhoso de tudo o que viveu. É com esse sentimento que o zagueiro André Ramalho encerra a sua segunda passagem pelo Red Bull Salzburg, onde alcançou números e feitos impressionantes, que o elevaram ao status de um dos grandes ídolos do clube austríaco.

A partir da próxima temporada, o brasileiro vai encarar um novo e grandioso desafio no futebol europeu. Aos 29 anos, o jogador assinou contrato até junho de 2024 com o PSV Eindhoven, da Holanda.

> Veja a tabela da Eurocopa

- Antes de tudo, gostaria de agradecer a todos os funcionários, companheiros e membros das comissões técnicas que trabalharam comigo ao longo desses anos no Red Bull Salzburg. Também não poderia deixar de enaltecer a nossa fanática torcida, que sempre me tratou com muito carinho. Fui muito feliz vestindo essa camisa. Saio extremamente orgulhoso e com o sentimento de dever cumprido. Não só pelos 11 títulos conquistados e as inúmeras marcas individuais alcançadas, mas pelas grandes amizades que fiz e por tudo que vivi na Áustria. Podem ter certeza de que eu jamais esquecerei essa experiência - ressaltou André Ramalho, que comentou sua ida ao futebol holandês:

- A partir de agora, parto para um novo desafio. Estou muito feliz e motivado em defender um dos maiores clubes, não só da Holanda, mas de toda a Europa. O PSV possuí uma história lindíssima e espero, assim como fiz na Áustria, escrever o meu nome aqui também, com boas atuações e a conquista de títulos - completou.

Números impressionantes pelo Red Bull Salzburg

Pelo Red Bull Salzburg, André Ramalho não se cansou de levantar taças. Ao todo, foram 11, sendo seis da Bundesliga (2013/14, 2014/15, 2017/18, 2018/19, 2019/20 e 2020/21) e mais cinco da Copa da Áustria (2013/14, 2014/15, 2018/19, 2019/20, 2020/21).

Além de títulos, o brasileiro escreveu o seu nome na história dos Touros com marcas impressionantes. No geral, disputou 240 jogos oficiais, número que o coloca como o 19º jogador que mais vezes vestiu a camisa da equipe. Entre todos os estrangeiros, o zagueiro, que marcou 20 gols e deu 12 assistências, só fica atrás do suíço Christian Schwegle (246), levando em consideração somente a nova era do clube

Na Liga Austríaca, André Ramalho também deixou a sua marca registrada para sempre ao se tornar o jogador com o menor número de partidas a alcançar a marca de 100 vitórias. O defensor precisou de 141 jogos, um a menos que o até então recordista Toni Polster, lenda do Áustria Viena nos anos 80 e que também defendeu o Salzburg, pouco antes de encerrar sua carreira, em 2000.

Já em competições internacionais, André Ramalho teve participação fundamental na segunda melhor campanha da história da equipe na Liga Europa, ajudando o time a chegar à semifinal, na temporada 2018/19. Além disso, ainda ajudou os Touros a disputarem a fase de grupos da Champions League pelas duas primeiras vezes desde que passou a se chamar Red Bull Salzburg, em 2005, nas temporadas 2019/20 e 2020/21.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos