André Gomes: uma das melhores contratações... para o Real Madrid

André Gomes, Arda Turán, Mascherano e Mathieu podem deixar o Camp Nou com a saída do técnico. Situação do quarteto será definida ao fim da temporada

O Barcelona vai ao Santiago Bernabéu, neste domingo (23), para enfrentar o Real Madrid, pela 33ª rodada de La Liga. Esta será a primeira visita de André Gomes ao estádio desde que foi contratado pelo clube catalão. Uma transferência que não saiu como esperado pelo jogador e pelo clube catalão. Por momentos, durante o verão, parecia que seria o novo David Villa: saindo do Valencia, a ponto de ser apresentado pelo Real Madrid, o atacante asturiano acabou se tornando uma das negociações mais rentáveis do futebol português, mas para os Blaugranas, enquanto o português aponta para uma direção totalmente contrária.

Muito se falou sobre a possível ida do lusitano para o Santiago Bernabéu. A especulação era dada em todos os veículos de comunicação da capital espanhola. James Rodríguez estava muito próximo de deixar os Blancos à época e o português era tido como o substituto ideal para o colombiano no plantel merengue. No entanto, em pouquíssimo tempo, tudo mudou. O camisa 10 seguiu no Santiago Bernabéu e o meio-campista da Seleção comandada por Fernando Santos foi atraído pela proposta de Luis Enrique.

O Real Madrid jamais admitiu o interesse pelo jogador, enquanto o Barcelona assegura que a busca pelo atleta não tem qualquer relação com o interesse de seu principal rival no país. Seguramente, não foi uma coisa e nem outra.

O caso é que, visto o resultado final, a operação foi mais interessante para o Real Madrid e não para o Barcelona, sobretudo pela forma do atleta no Camp Nou. André Gomes custou 35 milhões de euros (R$ 117 milhões na cotação atual) e pode obrigar o clube catalão a desembolsar mais 20 milhões (R$ 67,4 milhões) em caso de alcançar alguns objetivos durante a sua passagem. E James Rodríguez tem rendido bem mais que o lusitano nesta temporada, sem que os Blancos desembolsassem nem um centavo sequer.