André Anderson aproveitado? Rogério Ceni encurta férias para definir elenco do São Paulo com diretoria

André Anderson em sua chegada ao Tricolor, em maio (Foto: Divulgação/ São Paulo FC)


O técnico Rogério Ceni encurtou as férias para iniciar o planejamento da temporada 2023, com a diretoria do São Paulo. Inicialmente, o comandante tricolor voltaria junto com o elenco, no dia 14, mas já participou de reunião com os dirigentes no sábado (3), no CT da Barra Funda.

Segundo apurado pelo LANCE!, o encontro serviu para colocar Ceni a par das negociações pedidas pelo treinador. E para tratar de forma direta sobre algumas peças que ele a princípio não queria mais ter no elenco e integram uma lista de negociáveis, visando a redução da folha salarial.


+ Fluminense de olho em lateral-esquerdo, gigante brasileiro tem interesse em Jair… o Dia do Mercado!

Dentro desse contexto, o principal nome é o do meia André Anderson. Nome pedido pelo próprio Ceni, o jogador está emprestado ao São Paulo pela Lazio, da Itália, até o fim de junho. O plano inicial do Tricolor era devolver Anderson, que passou mais tempo machucado que em campo e não agradou nem torcida nem comissão técnica.

Entretanto, os italianos não gostaram nada dos planos são-paulinos. O L! já revelara em outubro que a Lazio sinalizou a cobrança de multa pela quebra do acordo. Desde então, o Tricolor passou a procurar um interessado em ter André Anderson pelo menos para a disputa dos campeonatos estaduais, no primeiro trimestre. Ou seja, repassaria o atleta a outro brasileiro, para que ele ao menos recuperasse uma forma física melhor. Novamente, contudo, ninguém se animou com a 'oferta' são-paulina.

Com o desmanche ocorrido no final do Campeonato Brasileiro e a eventual dificuldade em se contratar reforços, contudo, Ceni quer dar mais uma chance a Anderson. E admitiu aos dirigentes que poderá utilizá-lo. Ou seja, se reapresentará com o restante do elenco. E será avaliado até o início do Campeonato Paulista, em janeiro.

Até o momento, seis jogadores já deixaram o Morumbi desde o fim do Brasileirão: Miranda, Marcos Guilherme, Éder, Bustos, Reinaldo e Colorado. Outros dois estão com contratos se encerrando e não ficarão: Luizão e Igor Gomes.

> Confira tabela e resultados da Copa do Mundo-22 no Qatar
​> Confira tabela, classificação e simule resultados do Paulistão-23