Anderson Silva lamenta confusões de Jon Jones: 'Fico triste, sinto que ele é meu irmão mais novo'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Lenda do UFC, Anderson Silva se pronunciou sobre o caso Jon Jones. Na última sexta-feira, o ex-campeão dos pesos meio-pesados do UFC foi preso em Las Vegas acusado de violência doméstica e adulteração/lesão de veículo no valor de US$ 5.000 ou mais. Jones pagou fiança e aguarda julgamento.

Anderson Silva e Jon Jones sempre demonstraram respeito mútuo. Sobre o ex-detentor do cinturão do peso-meio-pesado, Spider classificou Jones como um 'irmão mais novo'.

- Não sei o que aconteceu com Jon Jones. Fico triste, porque sinto que Jon Jones é meu irmão mais novo. Eu falo isso para o meu empresário o tempo todo... Jon Jones não precisa disso. Ele é uma pessoa incrível. Eu me sinto triste. É difícil para mim falar sobre Jon Jones, sabe? - disse Anderson Silva em entrevista ao podcast "The MMA Hour".

Além do detenção do último final de semana por violência doméstica e "tampering" de veículos, Jon Jones coleciona capítulos polêmicos. O lutador norte-americano já foi preso em 2020 por dirigir embriagado. O mesmo ocorreu em 2012, quando o lutador ainda atingiu um poste. Em 2015, se envolveu numa batida com três carros e fugiu da cena. Jones também foi acusado, em 2019, de molestar uma dançarina em uma casa noturna.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos