Andar de moto também requer condicionamento físico indica Donas

Donas recomenda prática de atividade física para que motociclistas não sintam dores musculares ou lesões. (Divulgação)


Seja para passeio ou viagens, esta é uma questão pertinente. Pois independentemente do peso da motocicleta ou posição de pilotagem, quem não se exercita pode uma hora sentir dores musculares, ou até mesmo sofrer alguma lesão. Certo? Ou não?

Para conhecermos mais sobre o assunto, o motociclista e youtuber Donas comenta sobre a importância do exercício físico de acordo com orientações da sua personal com habilitação em atletas.

“As motos costumam ser bastante pesadas, e diversos músculos estabilizadores são exigidos durante a pilotagem”, diz Donas.

Especificamente no caso do motociclismo, os passeios ou viagens curtas costumam exigir uma menor preparação do físico para a maioria das pessoas saudáveis. ‘”Quem está começando a pilotar perceberá que pernas, costas, braços e pescoço são bastantes acionados. Nesse caso, desde que a pessoa não seja sedentária rapidamente irá se adaptar, tanto aos treinos como à moto”, completa ele.

Porém, para viagens longas, competições, trilhas, moto e habilidade (manobras) é exigido uma dedicação maior nos treinos físicos. “Com isso, os treinamentos vão além do básico, já que alguns músculos serão mais exigidos e fadigados. O foco deve ser em fortalecimento e resistência muscular. Nesses casos, a orientação da personal trainer seria treinamento de hipertrofia, com exercícios alternados por segmento, e focados no abdômen e na lombar (praticar quatro vezes na semana)”, finaliza Donas.

A falta de prática de atividade física pode acarretar prejuízos aos motociclistas e, em alguns casos, irreversíveis na coluna e em outras articulações importantes do corpo humano como ombro, quadril e joelhos.