"Ancelotti tornou o Bayern de Munique ainda mais difícil de vencer", diz Bale

Real Madrid e Bayern de Munique fazem o primeiro duelo das quartas de final da Champions League na próxima quarta-feira (12), às 15h45 (horário de Brasília), na Allianz Arena, com Gareth Bale esperando um duro duelo contra os alemães.

"Se você olhar para os três últimos técnicos do Bayern, cada um deles introduziu algo um pouco diferente sem afetar o sucesso da equipe. Ancelotti, provavelmente os tornaram um pouco mais difíceis de vencer. É um grande treinador, tem um grande impacto quando chega e todos esperam que ele seja bem sucedido em qualquer lugar", afirmou.

CARLO ANCELOTTI BAYERN MÜNCHEN GERMAN BUNDESLIGA 08042017

"Obviamente será um jogo duro, pois é uma equipe muito perigosa e bem estabelecida. Com o primeiro jogo em Munique, podemos marcar um gol fora de casa e chegar bem dentro de casa", completou.

Carlo Ancelotti vai encarar pela primeira vez o time que comandou entre 2013 e 2015, quando conquistou a “La Décima”, o décimo título da equipe merengue da Champions League.

Veja outros pontos da coletiva:

Decidindo jogos

"Não é algo que falamos.  Em qualquer equipe de alto nível, haverá jogadores talentosos então, você espera que todos sejam capazes de fazer uma contribuição em algum momento do jogo. Além disso, para qualquer grande momento de um jogador, há uma equipe por trás que fizeram isso possível".

Retorno após lesão

"Como qualquer jogador, levará um pouco de tempo para voltar a ficar 100%. É difícil ficar fora, mas a recuperação e a forção, são importantes. Todos preferem jogar, foi frustrante a lesão, mas essas coisas acontecem"

Proximidade com Luka Modric

"Modric é provavelmente meu amigo mais próximo, e também Toni Kroos. Mas todos são muito próximos e o mais palhaço com certeza é o Marcelo".

"Sou o melhor jogador de golfe, mas sou o único da equipe que joga [risos]. Tenho que jogar com outros amigos ou sozinho mesmo".