Ancelotti pede tolerância zero após novos casos de racismo com Vini Jr

Na última rodada do Campeonato Espanhol, o brasileiro sofreu ataques racistas contra o Real Valladolid e Ancelotti saiu em sua defesa.
Na última rodada do Campeonato Espanhol, o brasileiro sofreu ataques racistas contra o Real Valladolid e Ancelotti saiu em sua defesa. Foto: (Diego Souto/Quality Sport Images/Getty Images)

Depois do atacante brasileiro Vinicius Junior ser alvo de ataques racistas novamente durante uma partida do Campeonato Espanhol, o técnico Carlo Ancelotti defendeu o camisa 20 do time merengue em entrevista concedida nesta segunda-feira, três dias após a partida contra o Real Valladolid, onde o episódio aconteceu.

O treinador espanhol, que foi cotado para assumir a Seleção Brasileira logo após a saída de Tite, disse que não conversa com o ponta-esquerda sobre o tema porque acredita que são temas que não deveriam existir na sociedade: "Não tenho essas conversas com Vinicius, isso é muito claro. Não falo de um tema que não tem que existir, o racismo e a xenofobia. Mostrar isso ao Vini seria um erro porque é um problema da sociedade que não deveria existir. Para mim, tolerância zero nesse tema. Não é um problema da LaLiga, mas sim geral e cultural. Para mim, a sociedade não tem a educação que deveria ter. Não focarei no Vinicius, na liga ou nas sanções. É preciso pensar em algo além. O racismo e a xenofobia são temas muito sérios".

Leia também:

Vini Jr entra em guerra com La Liga

Logo após a partida do último final de semana, Vini publicou uma reclamação em suas redes sociais colocando a responsabilidade na organização de La Liga: "Os racistas seguem indo aos estádios e assistindo ao maior clube do mundo de perto e a LaLiga segue sem fazer nada… Seguirei de cabeça erguida e comemorando as minhas vitórias e do Madrid. No final a culpa é MINHA".

Javier Tebas, presidente de La Liga, saiu em defesa da competição, dizendo que a reclamação de Vini Jr é injusta: "A @laliga combate o RACISMO há anos. @vinijr é injusto e não é verdade publicar que “@laliga não faz nada contra o racismo”, se informe melhor. Estamos à sua disposição para que TODOS JUNTOS, possamos caminhar na mesma direção".

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.