Ancelotti não está ameaçado no Bayern, afirma Rummenigge

O técnico do Bayern de Munique, Carlo Ancelotti, durante jogo contra o Real Madrid, em Madri, em 18 de abril de 2017

O técnico do Bayern de Munique, o italiano Carlo Ancelotti, não está ameaçado de perder o cargo, apesar das eliminações do clube na Liga dos Campeões e na Copa da Inglaterra, afirmou o mandatário do Bayern, Karl-Heinz Rummenigge, citado nesta sexta-feira pelo diário Bild.

"Carlo é um excelente técnico, muito experiente. A duração de seu contrato é de conhecimento público (até 2019) e não vamos falar sobre isso", respondeu Rummenigge ao ser questionado sobre o futuro do técnico italiano, ao qual só resta brigar pelo bem encaminhado título da Bundesliga.

"Aconteceram coisas sobre as quais não temos influência: lesões, decisões dos árbitros e às vezes também falta de sorte", completou Rummenigge, que não quer ceder ao pânico, num momento em que o Bayern atravessa jejum de cinco jogos sem vitória, incluindo as duras derrotas nas semifinais da Champions e da Copa da Alemanha para Real Madrid e Borussia Dortmund, respectivamente.

"Vamos jogar seriamente até o fim da temporada, para depois analisar tudo com precisão e mais tarde veremos", continuou o ex-jogador, hoje homem forte do futebol do Bayern.

A imprensa alemã especula sobre a compra de um ou vários grandes nomes do futebol atual para reforçar a equipe na próxima temporada, mas Rummenigge prefere mostrar moderação: "Faremos o que for necessário, mas não vamos cometer loucuras, não vamos nos deixar levar pela opinião pública".

A quatro rodadas para o fim do Campeonato Alemão, o Bayern tem oito pontos de vantagem sobre o vice-líder Leipzig e poderá garantir o quinto título de Bundesliga consecutivo neste fim de semana.