Ana Thaís Matos, sobre paralisação da partida: 'Brasil e seus governantes são uma completa piada'

·1 minuto de leitura


Ana Thaís Matos usou as redes sociais para repudiar veementemente o adiamento do jogo entre a Seleção Brasileira e Argentina. A comentarista do Grupo Globo definiu como "mico" e "piada" a paralisação do clássico, que ocorreu antes dos cinco minutos do primeiro tempo por intermédio da Anvisa.
+ Veja resultados das Eliminatórias Sul-Americanas!

Além de Ana Thaís Matos, André Rizek também versou sobre a polêmica e classificou o caso como "uma das cenas mais grotescas do futebol mundial". Na web, internautas também reagiram ao adiamento.

- Vigilância sanitária federal em campo no jogo da Seleção Brasileira: Que mico! O Brasil e seus governantes são uma completa piada! - escreveu a comentarista no Twitter.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária interrompeu o jogo antes dos cinco minutos por descumprimentos de protocolos sanitários de quatro jogadores argentinos. Do quarteto, três iniciaram entre os onze de Scaloni.

Os jogadores envolvidos na questão são: Emiliano Martínez, Buendía, Cristian Romero e Lo Celso. Antes de desembarcarem no Brasil, o quarteto que veio da Inglaterra passou por Argentina e Venezuela devido a compromissos com a seleção. Apesar de não terem vindo diretamente, os jogadores estiveram há poucos dias no país britânico, enquadrado na "zona vermelha" de alto risco. Assim, a liberação só é emitida a partir do cumprimento da quarentena obrigatória ou por meio de um pedido especial.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos