Ana Paula Henkel diz que Casagrande tentou 'assassinar' sua reputação

·1 minuto de leitura

A ex-jogadora de vôlei Ana Paula Henkel falou sobre o caso de direito de resposta que ganhou contra o comentarista Walter Casagrande e o grupo Globo. Em nota à Revista Oeste, onde escreve, Ana Paula afirmou que o ex-atleta do Corinthians tentou "assassinar" sua reputação e não apresentou argumentos para as críticas no texto original. 

- Não contente em me atribuir adjetivos infamantes, arrematou o ataque conclamando seus leitores a esquecerem "que dentro do esporte existiu criatura como essa", novamente dizendo que sou "defensora dos violentos, dos antidemocráticos, das armas e de tudo que é ruim em nossa sociedade" - relembrou a ex-atleta. 

Leia também:

- Sem apresentar qualquer argumento contra minhas ideias, preferiu apelar ao achincalhe e a uma tentativa torpe de assassinar minha reputação. Participo do debate público já há bastante tempo e jamais me neguei a dialogar com meus interlocutores, sempre com respeito e fundamentadamente - acrescentou Ana Paula Henkel. 

A ex-jogadora de vôlei também destacou que entrou com ação contra o grupo Globo e Casagrande porque o portal "ge.globo", que publicou o texto original do comentarista, não deu o mesmo tratamento ao texto de resposta. Ana Paula Henkel ainda tem brigas judiciais com a Band e o apresentador Neto, que apoiou o ex-atacante quando começaram os desentendimentos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos