Ana Marcela Cunha leva prêmio de melhor do mundo pela sexta vez

Ana Marcela Cunha é esperança de medalha na Olimpíada de Tóquio (Foto: Satiro Sodré/Rededoesporte.gov.br)
Ana Marcela Cunha é esperança de medalha na Olimpíada de Tóquio (Foto: Satiro Sodré/Rededoesporte.gov.br)


A brasileira Ana Marcela Cunha foi eleita a melhor atleta de maratona aquáticas do mundo pela sexta vez, em dez anos de realização do prêmio. Em comunicado enviado pela Federação Internacional de Natação à CBDA na última sexta-feira, a entidade reconheceu a excelência da campeã mundial nos 5 km e nos 25 km, provas não olímpicas, em 2019. Ela é esperança de medalha nos Jogos Olímpicos de Tóquio na prova dos 10 km.

Única atleta dos esportes aquáticos classificada para os Jogos Olímpicos de 2020, Ana Marcela conquistou em 2019 a medalha de ouro em cinco etapas do Circuito Mundial da Fina, a primeira medalha de ouro do Brasil em uma edição de Jogos Pan-Americanos, e ainda foi campeã dos Jogos Mundiais Militares e dos Jogos Mundiais de Praia.

Ela também entrou para o Livro dos Recordes como maior vencedora de etapas do Circuito Mundial e já havia sido escolhida como melhor atleta de águas abertas do mundo pela revista americana Swim World.

– Este prêmio, por incrível que pareça, já se tornou corriqueiro para a Ana Marcela. É o sexto em dez anos. Isso nos dá muita confiança de que a preparação olímpica dela está sendo executada com perfeição. É um orgulho da CBDA e do Brasil – disse o diretor executivo da CBDA, Renato Cordani.







Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também