Ana Candiotto recebe convite para o Aberto da República no Rio de Janeiro

Marcello Zambrana


Como já tem feito em todos os torneios profissionais que promove em seu calendário, visando oportunizar principalmente os jovens tenistas brasileiros em transição do juvenil para o profissional, a Confederação Brasileira de Tênis (CBT) anunciou nesta quarta-feira o primeiro wild card (convite) para a chave principal do Aberto da República – ITF W60. Será para a jovem paulista Ana Candiotto, de 18 anos, 803ª no ranking da WTA. O torneio acontece de 27 de novembro a 3 de dezembro, na Rio Tennis Academy.


"Gostaria de agradecer a Confederação por mais esse convite. Eu já havia recebido um convite no passado para o Aberto da República, em Brasília, e foi ótimo ter tido essa primeira experiência jogando um W60”, contou Candiotto. “É uma oportunidade muito boa, jogar no Brasil é sempre especial. Estou me preparando para aproveitar e valorizar da melhor maneira possível essa minha participação no Rio”, acrescentou ela, que esse ano passou o qualifying e entrou na chave de um torneio W60 na Colômbia.


Candiotto está vivenciando nesta temporada a transição do juvenil para o profissional. “Joguei os dois Grand Slams juvenis no primeiro semestre. Foi uma ótima experiência, incrível estar em torneios desse nível e ver de perto os grandes jogadores. Já no segundo semestre foquei só no profissional e consegui esse mês meu melhor ranking com a semifinal do W15 de Lima”, afirmou ela, que chegou a 755ª do ranking em 14 de novembro.


“Um ano de transição é sempre difícil, mas estou conseguindo me acostumar bem. 2023 será meu primeiro ano 100% no profissional, então espero continuar melhorando a cada dia, fazendo o que tem que ser feito. Que eu consiga viajar bastante, fazer vários jogos e terminar o ano melhor do que comecei”, finalizou.


Com a entrada de Candiotto na chave principal do Aberto da República, o Brasil passa a ter três representantes no torneio - ela, Laura Pigossi e Gabriel Cé. Além do Brasil, tenistas da Argentina, China, Espanha, Estados Unidos, Holanda, Hungria, Portugal, Romênia, Rússia, Sérvia e Turquia estão inscritas para o torneio.