Análise: Vasco é rato em labirinto, sem saber para onde ir para melhorar atuações

·2 minuto de leitura

Um dos maiores clichês para falar sobre um Vasco perdido é compará-lo a uma nau à deriva. O problema é quando parece que não existe analogia melhor para explicar o momento do time na temporada, sem rumo em campo e pressionado fora dele. A sensação de desnorteio aumentou depois da derrota para o Avaí, por 2 a 0, em São Januário.

Marcelo Cabo, fora do banco de reservas por ter sido expulso na partida passada, mexe na escalação jogo após jogo e não consegue melhor o nível de atuação da equipe de São Januário. A Série B tem sido implacável diante das atuações ruins. De 12 pontos disputados, a equipe conquistou apenas quatro e não consegue se posicionar na parte de cima da tabela de classificação.

Ontem, a equipe de São Januário entrou cercada de boas expectativas, contra um adversário que ainda não havia vencido na Segunda Divisão. O começo foi razoável, mas o jogo do Avaí, baseado em transição rápida e aproveitando os muitos espaços cedidos pelos donos da casa, encaixou. Os dois gols saíram em meio a erros da defesa do Vasco. O estrago já estava feito antes do intervalo.

O Vasco tem um esquema de jogo definido, um 4-2-3-1 que há tempos não funciona bem o bastante para fazer o time vencer. A troca de passes é lenta, não há tabelas, movimentações. O time vive de cruzamentos para Cano, homem da última bola que oferece pouca variação tática por ter limitações para quando sai da área.

É apenas o esquema que não muda. No mais, as peças são mexidas freneticamente: quem é reserva hoje não precisa ficar chateado porque pode ser titular amanhã. Quem é titular não respira com tranquilidade porque pode ir para o banco no dia seguinte. Mas nada evolui em termos de atuação.

— Temos conseguido os pontos fora de casa e não conseguimos nos impor em casa. Falta concentração no começo dos jogos, quando entramos, está 1 a 0 para os adversários. Temos de melhor isso, está nos prejudicando — afirmou o meia Marquinhos Gabriel depois da derrota.

O próximo jogo do Vasco será contra o CRB, sábado, de novo em São Januário.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos