Análise: Sylvinho terá dois grandes trabalhos no comando do Corinthians

·1 minuto de leitura


Contra o Atlético-GO, neste domingo (30), pela primeira rodada do Brasileirão, na Neo Química Arena, o Corinthians foi derrotado, por 1 a 0, e mereceu perder.

Isso porque o time goiano foi melhor e mais objetivo em tudo o que se propôs fazer. A princípio, fez aquilo que Sylvinho mais quer que o seu time faça: jogo pressionando. E ali já se pôde ver um Corinthians nervoso, errando passes bobos e tendo muitas dificuldades em fazer a saída de bola curta.

>> Confira a tabela do Brasileiro e simule os próximos jogos

Explorando as falhas e espaços defensivos dados pelo Timão, o rubro-negro chegou ao primeiro gol logo início da partida, com João Paulo, mas o meia estava ligeiramente a frente do penúltimo jogador corintiano e o tento foi bem anulado.

E foi no compasso que o Corinthians cresceu no primeiro tempo, o Dragão, em uma boa troca de passes, pelo lado direito de ataque, fez o gol da vitória, com Zé Roberto.

Taticamente, o Corinthians, que estreou Sylvinho com treinador, apresentou mudanças em relação ao que iniciou a temporada, com Vagner Mancini, mas tecnicamente seguiu apresentando um insegurança técnica gigante, amostra de dois grandes trabalhos que a nova comissão terá pela frente: a de corrigir nos treinos esses erros e dar segurança a um grupo composto majoritariamente por jovens atletas.

O que resta de impressão desse Timão na ‘Era Sylvinho’ é a incógnita de sempre. A expectativa é que, pelo menos, o clube, daqui para frente, apresente evolução, algo que não vinha acontecendo com o comando anterior.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos