ANÁLISE: Suíça apresenta falhas que o Brasil pode ficar de olho na Copa do Mundo

Suíça perdeu para a Gana em amistoso nesta quinta-feira (Foto: Ryan LIM / AFP)


No último teste antes da estreia na Copa do Mundo, a Suíça não passou uma boa impressão. A equipe perdeu por 2 a 0 para a Gana em amistoso nesta quinta-feira e apresentou falhas defensivas a serem trabalhadas, sobretudo na bola aérea. De positivo, os suíços mostraram boa movimentação e controle quando tem a posse de bola.

+ Abertura da Copa do Mundo 2022: veja data, horário e atrações da cerimônia

A questão mais evidente na derrota para a Gana foi a falha defensiva na bola aérea. Na etapa inicial do jogo, os ganeses tiveram seus dois únicos lances de perigo com bola cruzada pelo alto. A primeira, Inaki Williams cabeceou para fora. Na segunda, Salisu ficou livre e mandou por cima. Mais tarde, o placar foi aberto justamente nesse tipo de jogada.

O primeiro gol da Gana aconteceu em cobrança de escanteio. A bola foi cruzada para a área, desviou no zagueiro suíço e sobrou para Salisu, livre de marcação, cabecear encobrindo o goleiro Sommer.

Além dos erros defensivos no segundo tempo, que foram cruciais para a derrota, a Suíça teve traços positivos a serem analisados. A equipe comandada pelo técnico Murat Yakin apresentou bom equilíbrio para criar as jogadas, trocar passes e movimentação no ataque. O volante Xhaka, do Arsenal, desempenhou um bom papel de construção no meio de campo, buscando acionar na frente Shaqiri e Ruben Vargas.

+ Veja os grupos da Copa do Mundo

A Suíça será adversária do Brasil no Grupo G da Copa do Mundo. A equipe está no Grupo G e estreia na competição no dia 24 de novembro, na próxima quinta-feira, contra o Camarões.