Análise: Reforços do Botafogo dão consistência ao time na primeira vitória no Carioca

O Globo
·1 minuto de leitura

Com os quatro reforços em campo, o Botafogo ganhou consistência e boa movimentação de jogo na vitória por 3 a 0 sobre o Resende. Foi o primeiro triunfo do Alvinegro no Carioca e o maior placar do time desde a goleada sobre a Cabofriense por 6 a 2, no ano passado. Além das novidades, um velho conhecido foi um dos nomes do jogo. Matheus Babi marcou duas vezes e mostrou que, com um time mais rápido, ele cresce.

O Alvinegro agora soma quatro pontos e divide a terceira posição com o Boavista.

O atacante Ronald, um dos estreantes, por exemplo, apareceu bem nas jogadas pelas pontas. Foi dele o cruzamento para Babi apenas empurrar a bola.

O volante Pedro Castro deu consistência ao meio-campo, mas cansou na etapa final e foi substituído. A tentativa de reação do Resende parou em outro estreante da noite. O goleiro Douglas Borges mostrou plasticidade e reflexo num chute de Nunes.

Dos quatro, o lateral-direito Jonathan foi o mais tímido, mas não comprometeu na defesa.

As primeiras impressões foram boas dentro do contexto do Carioca e os reforços se mostraram úteis ao técnico Marcelo Chamusca para a temporada. Principalmente para o jogo decisivo contra o Moto Clube - MA, na quarta-feira, no Castelãom pela primeira rodada da Copa do Brasil.