ANÁLISE: o que o Brasil pode esperar de Suíça e Camarões após o jogo de estreia


No primeiro jogo do Grupo G da Copa do Mundo, a Suíça venceu o Camarões por 1 a 0, com um gol marcado por Embolo no segundo tempo. Os suíços apresentaram um bom controle para armar as jogadas, mas deixaram falhas defensivas. Enquanto os camaroneses demonstraram ser fortes ofensivamente.

+ Resultados de hoje da Copa do Mundo 2022: veja placares dos jogos desta quinta-feira

No primeiro tempo, o jogo se caracterizou pelas fortes chegadas do Camarões ao gol de Sommer, apesar do controle da posse da Suíça. A seleção africana ameaçou os suíços com os atacantes Choupo-Moting e Ekambi, que desperdiçaram boas chances.

O que chamou a atenção na seleção da Suíça é que ela manteve o equilíbrio e a calma para trocar passes e construir as jogadas mesmo com as ameaças do adversário. Porém, faltou objetividade e ousadia para chegar com mais perigo à defesa camaronesa.

Isso mudou no intervalo. A Suíça voltou com mais competitividade e encontrou o gol com uma bela jogada de construção logo no começo da etapa final. A bola passou no campo de ataque por nove dos dez jogadores de linha até chegar aos pés de Embolo, que marcou de dentro da área.

+ Copa do Mundo: Gavi marca em goleada da Espanha e quebra três recordes históricos

Com o gol sofrido, o Camarões cansou e não conseguiu ter poder de reação para chegar com o mesmo perigo da etapa inicial. Assim, a seleção europeia teve mais oportunidade para ocupar o campo ofensivo. Porém, com a subida, deixava muitos espaços na defesa, que não foram bem aproveitados pelo adversário.

O técnico Tite fica de olho no que pode explorar das duas equipes que vão enfrentar o Brasil na fase de grupos da Copa do Mundo. A Seleção pega a Suíça na próxima segunda-feira, dia 28, e o Camarões na próxima sexta-feira, dia 2 de dezembro.