ANÁLISE: As mensagens estranhas de Hamilton e Wolff pós-F1 em Ímola

Roberto Chinchero
·2 minuto de leitura

Neste domingo, após dobradinha com vitória do britânico Lewis Hamilton e segundo lugar do finlandês Valtteri Bottas no GP da Emilia Romagna, em Ímola, a Mercedes se consagrou heptacampeã mundial consecutiva de construtores da Fórmula 1.

Entretanto, a corrida que marcou uma grande festa para o time alemão também teve mensagens estranhas de Hamilton, que ainda não tem contrato para 2021, e do chefe de equipe Toto Wolff, que também negocia a permanência no cargo.

Leia também:

F1: Renault se diz frustrada com veto de rivais a teste de Alonso Hamilton brinca após shoey com Ricciardo: "O gosto do champagne é ainda pior" Wolff tranquiliza rumores sobre futuro dele e de Hamilton: "Nosso capítulo não está encerrado"

O piloto disse que não há "garantia" de que estará na F1 no ano que vem, ao passo que o dirigente austríaco afirmou que já tem um sucessor em vista para o comando da escuderia no futuro.

Mensagens estranhas da dupla justamente no dia do sétimo título da Mercedes, algo que já era previsto para a etapa no circuito italiano. Além disso, a expectativa para o hepta de Hamilton é grande, dada a grande vantagem do britânico em relação ao companheiro na tabela.

De todo modo, os discursos de Hamilton e de Wolff foram complementares, colocando as respectivas permanências na equipe e na F1 em xeque. Não à toa, as manifestações vêm em momento chave nas negociações de ambos com a Daimler, controladora da Mercedes.

Wolff frisou que, na realidade, a equipe será sempre a mesma, pelo menos em suas funções principais, mas também é verdade que, em novembro, ainda há pontos de interrogação em relação à sua função no time e à presença de Hamilton em 2021.

Visto de fora, parece um jogo de xadrez, jogado em um contexto nebuloso que não permite entender exatamente quem está 'sentado do outro lado da mesa', já que a equipe deve em breve passar por uma reorganização societária que levará à aquisição de uma parte de suas ações pela Ineos, atual patrocinadora. De todo modo, é difícil imaginar uma Mercedes sem Wolff e Hamilton em 2021.

Veja o debate sobre a corrida da F1 em Ímola, com Rico Penteado e Felipe Motta

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

PODCAST: É bom negócio ser companheiro de Max Verstappen na Red Bull?

Your browser does not support the audio element.